Chefe do Ministério Público em Minas confirma acordo ‘bilionário’ com a Vale por Brumadinho



O procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Filho, confirmou a assinatura de um acordo com a Vale por conta do rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho, na Grande BH, que deixou mais de 200 mortos em janeiro de 2019.

“Nesta quinta, assinaremos o bilionário acordo com a Vale em razão da tragédia de Brumadinho. O maior acordo da história se dá em 2 ações do MPMG e 1 do estado, e não incluem as ações penais, os danos desconhecidos e os direitos individuais. Respeito aos atingidos e ao povo de MG”, publicou o chefe do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) no Twitter, no fim da noite dessa terça-feira.

“A garantia de direitos dos atingidos, a recuperação integral do meio ambiente e as medidas de reparação são premissas básicas do acordo de Brumadinho. O acordo está adiantado, mas não está concluído. Aguardemos”, pontuou Jarbas Soares Filho.
A postagem também foi replicada no Instagram do procurador, que também escreveu: “Apesar da imensa dor, o sentimento do dever cumprido. O bilionário acordo não cicatriza nenhuma das nossas feridas, mas é um grande alento para aqueles que acreditaram nos caminhos da Justiça e no trabalho do Ministério Público e demais Instituições estatais. Minas Gerais dá um exemplo ao mundo em apenas dois anos”. Na rede social, ele também parabenizou o Ministério Público de Minas Gerais, o Ministério Público Federal, a Advocacia-Geral do Estado (AGE) e a Defensoria Pública de Minas Gerais. Na manhã desta quarta-feira, o Estado de Minas entrou em contato com a assessoria de imprensa do MPMG, que está apurando detalhes sobre a reunião. Esta matéria será atualizada com o retorno do órgão.

O acordo já havia sido tema de uma reunião na segunda-feira. Em nota enviada na ocasião, o governo de Minas negou ter finalizado a negociação com a Vale. No entanto, mais cedo naquele dia, o governador Romeu Zema deu as tratativas como encerradas. A declaração foi dada durante cerimônia de posse da nova mesa diretora da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). “Negociamos um acordo de reparação com a mineradora Vale, que possibilitará aos mineiros uma sensível melhoria na qualidade de serviços prestados. Os valores que receberemos para compensar o povo mineiro serão revertidos, exclusivamente, em obras e serviços”, disse no dia 1º de fevereiro.

Estado de Minas

Enviar um comentário

0 Comentários