Coluna Agenda 21 - 26/02/2021

 


VAI REFORMAR SEU IMÓVEL? CUIDADO! 

Quem nunca pensou em mudar algum componente de sua residência, por exemplo, trocar o piso da cozinha, as cores, layout de algum cômodo enfim dar uma cara nova para seu imóvel? Nada melhor do que um cantinho do jeito que a gente gosta, seja na nossa casa ou até mesmo o local do trabalho.

Se você está pretendendo fazer alguma reforma é importante tomar alguns cuidados. No primeiro momento contrate um profissional habilitado arquiteto e/ou engenheiro para sua segurança. Em seguida é preciso planejar a reforma. Inicialmente, junto com esse profissional, elabore um cronograma do projeto almejado e por etapas defina tudo que deseja realizar em cada cômodo.

Este planejamento é de extrema importância pois os serviços de reformas tratados de maneira informal podem causar inconvenientes como extrapolação do orçamento, atrasos na conclusão, danos em elementos da construção dentre outros imprevistos.

Outra recomendação é documentar o projeto junto aos órgãos competentes, seguindo a legislação vigente e afins, evitando algum transtorno futuro, pois há projetos que exigem Alvará da Prefeitura Municipal.

Outro cuidado que destaco é quanto à mão de obra, pois bons profissionais podem evitar problemas e contratempos. Bom conversar com o arquiteto e/ou engenheiro sobre a experiência destes profissionais, não aceitando aquele que diz “faz-tudo” que pode parecer a melhor opção, mas há serviços que exigem mão de obra especializada.

Ao final da reforma e/ou ampliação prudente fazer uma inspeção na edificação a fim de certificar de que a obra foi bem executada dentro do previsto e atendeu às exigências legais.

Para conhecimento, há a Norma Técnica da ABNT NBR 16.280:2020:

“Reforma em edificações. Sistema de gestão de reformas - requisitos”, cuja finalidade é padronizar o trabalho técnico melhorando o desempenho, a qualidade final e reduzir ou eliminar o risco em potencial de todo tipo de atividade envolvida no trabalho, estabelecendo as etapas da obra de reforma e listando os requisitos para antes, durante e depois de uma reforma em prédio ou em uma unidade.

Portanto, para quem deseja iniciar uma reforma e/ou ampliação de seu imóvel   contratar um profissional habilitado e seguir as diretrizes das normas técnicas vigentes e afins são atitudes prudentes que irão garantir a segurança da obra e trabalhos finais bem-sucedidos.

“As casas são construídas para que se viva nelas, não para serem olhadas.”               Sir Francis Bacon


Engº Alencar de Souza Filgueiras

Presidente do Fórum Agenda 21 Local

Membro do Conselho Fiscal do IBAPE-MG 

Contato: agenda21localvarginha@gmail.com


Enviar um comentário

0 Comentários