Crimes e afogamentos caíram a menos da metade durante folia atípica em MG



Se o carnaval de 2021 frustrou os foliões mineiros pelo cancelamento da festa, por outro lado, parece ter proporcionado alguma tranquilidade ao Estado. Estatísticas divulgadas pelas forças de segurança nesta quarta-feira (17/2) apontam redução significativa da violência e dos acidentes em Minas, além de razoável adesão ao isolamento social

Os dados foram apresentados em entrevista coletiva realizada na manhã desta quarta-feira (17/2) na Cidade Administrativa, que contou com a presença de representantes do alto escalão das Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). 

Segundo o Comandante-Geral da PM, Coronel Rodrigo Sousa, entre 12 e 16 de fevereiro, a corporação registrou queda de 52% nos crimes violentos e 28% nos homicídios em relação ao mesmo período do ano passado. 
Entre as ocorrências contabilizadas pelos bombeiros, o principal destaque é a diminuição dos afogamentos. Os episódios caíram 33% na comparação com a folia de 2020, e 60% ante a média histórica.

Triste marca dos feriadões, os acidentes automobilísticos fizeram 13% menos vítimas e 21% menos feridos este ano, também na comparação com a média histórica.  

“As atividades de planejamento seguiram como se nós não estivéssemos em um carnaval atípico. Não tivemos nenhum militar de férias. Intensificamos as ações tanto nas rodovias urbanas, quanto nas rurais. Houve policiamento rotineiro com efetivo extra concentrado nas áreas turísticas”, detalhou o Coronel Rodrigo Sousa.

“Nossa palavra é de reconhecimento e agradecimento à população que, em sua grande maioria, entendeu e atendeu a orientação do governador e das forças de segurança pública, mantendo-se longe das aglomerações”, concluiu Comandante-Geral da CBMG Edgar Estêvão. 

Confira o balanço detalhado


POLÍCIA MILITAR

redução de 52% de crimes violentos
queda de 28% nos homicídios
1 tonelada e meia de drogas apreendidas
50 ocorrências registradas (condução de pessoas, multas, boletins de ocorrência)
94 pessoas conduzidas pelos militares
545 armas de fogo apreendidas

BOMBEIROS

total de ocorrências
15% de redução em relação à folia anterior
3% de queda em ante a média histórica dos carnavais

afogamentos
33% menos em relação a 2020
menos 60% em relação à média histórica dos carnavais

acidentes automobilísticos
queda de 3% nas vítimas fatais em relação a média histórica
redução de 21% das vítimas feridas também ante a média histórica

POLÍCIA CIVIL
40 ações durante a folia concentradas em pontos turísticos, como Diamantina, Ouro Preto, Mariana, Abaeté, São João Del Rey
Apreensão de drogas em cidades coo BH e Juiz de Fora (ecstasy)

Estado de Minas

Enviar um comentário

0 Comentários