Coluna Minas Gerais 29/03/2021

 

Andradas doa medicamento do “kit intubação”

Na última quarta-feira, 24, o secretário de Saúde Carlos Mosconi e a secretária-adjunta Rosilene Faria receberam a doação de 50 ampolas da medicação Midazolam de 5 mg, utilizadas para intubação de pacientes. A doação foi proveniente da Santa Casa de Andradas. Os insumos, principalmente dos medicamentos usados para intubação orotraqueal, já começaram a faltar no município e em âmbito nacional. Andradas faz parte da microrregião que é composta também pelas cidades de Caldas, Santa Rita de Caldas, Albertina, Ipuiuna e Ibitiúra de Minas. O secretário o ato solidário. “Fiquei sensibilizado com a atitude da administração da cidade de Andradas, pela doação do medicamento Midazolam, que está em falta no município e que é de importância vital para a intubação dos pacientes internados em decorrência da covid-19. Esse gesto tem que prevalecer neste momento que estamos vivendo”. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas)


 

MOC recebe 14 respiradores

O alento para diversas cidades do Norte de Minas chegou em caminhões nas primeiras horas desta quarta-feira, 24. A região recebeu 35 respiradores pulmonares, essenciais para a abertura de novos leitos de UTI para pacientes com Covid e em estado grave. Os equipamentos fazem parte dos cem doados pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) ao governo do Estado. Montes Claros recebeu 14 aparelhos, dez deles repassados ao Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira e quatro para a Santa Casa e o Aroldo Tourinho. O critério utilizado para a distribuição dos equipamentos foi definido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), que identificou locais com capacidade de abertura imediata de leitos de UTI. (Jornal O Norte- Montes Claros)


 

Funcionamento de bancos e lotéricas está proibido

Em Formiga, a partir desta segunda-feira, 29, passa a valer o Decreto 8730 que dispõe sobre a suspensão das atividades econômicas em de Formiga. Inicialmente o novo documento tem prazo por sete dias e é o mais restritivo desde o início da pandemia do Coronavírus. O Decreto completo está disponível no site da prefeitura: www.formiga.mg.gov.br. Bancos, lotéricas e congêneres, também não poderão funcionar, devendo ser mantido apenas o funcionamento do Autoatendimento, bem como os serviços prestados por meio do aplicativo da Agência Bancária. Também está proibida a comercialização de bebidas alcoólicas, inclusive mediante o formato delivery. Serviços de lavagem, lubrificação e polimento de veículos automotores, incluindo lava jatos, deverão suspender seu funcionamento. (Nova Imprensa- Formiga)


 

Mariana recebe UTI móvel

Na noite desta quinta-feira, 25, Mariana recebeu uma UTI móvel, cedida pela empresa Samarco. O equipamento foi um pedido da Prefeitura do município com o objetivo de dar um suporte maior para a população em casos que necessitem a transferência do paciente. O pedido foi anunciado na segunda-feira, 22, pelo prefeito interino, Juliano Duarte. Ele explicou que a UTI móvel veio totalmente equipada com desfibrilador, monitor, respirador, bomba de infusão e cilindro de oxigênio. “É uma UTI que permitirá dar um suporte avançado nos casos que necessitem estabilizar os pacientes e de transferir com segurança para os hospitais da região”, afirmou Juliano. O prefeito agradeceu a empresa e pediu novamente que a população respeite o decreto e mantenha o isolamento social. (Jornal O Liberal- Itabirito)


 

Aprovado projeto que antecipa feriados

Foi aprovado na tarde desta sexta-feira, 26, em reunião extraordinária da Câmara de Divinópolis, o projeto que antecipa os feriados municipais de 2021 e 2022. Na justificativa do documento, o prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo, destaca que propôs o projeto visando à adoção de medidas extremas para conter a circulação de pessoas em Divinópolis, em razão da situação alarmante, com ocupação de 100% dos leitos hospitalares, com quadro que vem se mantendo dia a dia. Ainda segundo a Prefeitura, a antecipação constitui-se como uma opção salutar a fim de compatibilizar as necessidades e interesses, tanto do Poder Público quanto de empregadores e empregados, dispensando-se estes do dever de comparecimento nos respectivos locais de trabalho. (Portal Agora- Divinópolis)


 

Prefeitura fecha praças

O avanço da Covid-19 em Juiz de Fora levou a Prefeitura a tomar a decisão de fechar as praças da cidade. O fechamento começou a ser feito nesta segunda-feira, 29. Há uma semana, a Tribuna já havia denunciado a situação, mostrando que, mesmo em lockdown, os espaços estavam cheios de frequentadores, muito deles sem máscaras. No dia da publicação, a Prefeitura havia informado que não pretendia fechar os espaços públicos em razão de dificuldades no orçamento. Em nota publicada nesta segunda-feira, a Prefeitura destacou que o fechamento é necessário para que os hospitais consigam se organizar e evitar lotações, a fim de atender, da melhor forma, todos os pacientes. O Governo do Estado estendeu a Onda Roxa até o próximo domingo, 4, em todas as cidades mineiras. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)


 

Justiça determina suspensão de decretos

Decisão da justiça neste sábado, 27, determina imediatamente a suspensão dos decretos que permitem a a abertura dos comércios não essenciais em Paracatu, como manda o protocolo da Onda Roxa do Minas Consciente do Governo de Minas. O município de Paracatu não aderiu a prorrogação da Onda Roxa e acabou emitindo um decreto liberando o funcionamento dos comércios em Paracatu. A cidade está com a capacidade dos Leitos de Uti e enfermaria lotados, e com aumento de novos casos e mortes pela doença. A justiça deferiu o pedido de tutela recursal requerida, pelos fundamentos expostos, determinando a imediata a suspensão dos efeitos dos Decretos Municipais nº 5.920/21; 5.924/21; 5.930/21 e 5.932/2. (Paracatu News)

Enviar um comentário

0 Comentários