Entidades empresariais lançam movimento em apoio aos comerciantes do estado de Minas

 


Após um ano de pandemia, o comércio e serviços continuam sendo os setores que mais acumularam prejuízos. Dados divulgados recentemente pela Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) revelam que entre março do ano passado e fevereiro de 2021, 64 mil negócios foram encerrados no estado. Além disso, o comércio varejista vem registrando sucessivas perdas no faturamento de acordo com pesquisa feita pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre fevereiro e março deste ano, o segmento registrou queda de 33% no faturamento, resultado pior que o verificado em novembro de 2020, quando a redução foi de 29%. Diante deste cenário de perdas e falências, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), o Sebrae Minas, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG) e a Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais (Federaminas) se uniram e criaram o movimento ‘Juntos Por Você’, que tem o objetivo de proporcionar aos empresários e empreendedores acesso à orientações, produtos e informações que irão ajudá-los a enfrentar este momento de crise. O portal do movimento será oficialmente lançado hoje, 29 de março, e poderá ser acessado pelo www.juntosporvoce.com.

Para o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, este é um momento em que o empresário precisa se sentir acolhido pelas entidades que os representam. “Sabemos da enorme dificuldade que os lojistas estão enfrentando com mais uma paralisação das atividades. O poder público cometeu muitos erros na gestão da pandemia, mas compreendemos a gravidade da situação e a prioridade no momento é com a vida humana. Porém, esses empreendedores precisam ser acolhidos por quem entende sua dor e tem a expertise de oferecer a ele capacitação de mão de obra, acesso a crédito e outros recursos que farão a diferença nesse momento tão complexo”, pontua. As entidades participantes mapearam as principais dificuldades vividas pelas empresas e, a partir desse levantamento, estruturaram o portal de maneira didática e objetiva. Ao acessá-lo, o empresário conseguirá com facilidade encontrar informações sobre linhas de crédito e a melhor forma de acessá-las, vendas on-line e orientação financeira.

“Os empreendedores têm pela frente um enorme desafio de manter seus negócios funcionando e garantir trabalho e renda para milhares de pessoas, além do seu próprio sustento. É por isso que o Sebrae Minas se uniu à este movimento para ajudar os donos de pequenos negócios nesta travessia, disponibilizando informações e estratégias gerenciais, que vão orientar suas decisões neste cenário de incertezas”, explica o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Minas, Roberto Simões.

O portal reúne os principais conteúdos produzidos pelas entidades participantes e os disponibiliza gratuitamente para os micro e pequenos empresários. Controle de gestão de planilhas, organização de custos, desenvolvimento de negócios inovadores, guias e consultorias on-line em marketing digital, gestão e jurídico são alguns dos materiais exclusivos.

Esse movimento é importante para a reinvenção e readaptação de todo o setor do comércio e serviços de Minas Gerais, que ainda sofre com os efeitos da pandemia de Covid-19. A presidente interina da Fecomércio MG, Maria Luiza Maia Oliveira, destaca a importância de iniciativas como o ‘Juntos por você’. “Estamos vivenciando um dos momentos mais delicados para toda a sociedade que afeta os empresários do comércio de bens, serviços e turismo e que lutam diariamente para manter suas atividades. Nesse contexto, atuar na busca por soluções que minimizem e contribuam para o restabelecimento de milhares de negócios é um compromisso da Fecomércio MG e o projeto ‘Juntos por você’ chega como uma alternativa para os empreendedores”.

Para o presidente da Federaminas, Valmir Rodrigues da Silva, a iniciativa de reunir as entidades e juntas disponibilizar soluções para as micro e pequenas empresas e os empreendedores individuais reflete totalmente a união que o momento exige. “Estamos passando por tempos difíceis, sem precedentes na história da humanidade e os empreendimentos, principalmente os menores, têm sido os mais afetados e as consequências até o momento são devastadoras em números de falências de empresas e fechamento de postos de trabalho. Nos unimos para apoiar o setor produtivo de Minas Gerais, e reconhecer que a força de Minas vem do incansável trabalho desenvolvido pelos empreendedores mineiros”.

Enviar um comentário

0 Comentários