Kalil não vetará jogos oficiais de futebol, apesar de restrições, em Belo Horizonte

 


Apesar de aumentar as restrições no funcionamento de Belo Horizonte para tentar frear o avanço do coronavírus, o Comitê de Combate à Covid-19 informou que não vetará os jogos oficiais de futebol e outras modalidades, como vôlei. Com isso, os jogos do Campeonato Mineiro e os play-offs da Superliga estão mantidos na capital.

A mesma decisão, porém, não se aplica às peladas e jogos amadores disputados em campos de várzea. Os atletas profissionais, conforme explicou o infectologista Carlos Starling, não têm chance de contaminação durante os confrontos.

“O risco de transmissão em um jogo em campo durante todo o campeonato foi nulo", disse. "Os atletas que tiveram teste positivo, o vírus foi sequenciado e não houve qualquer correlação entre o vírus isolado em um time com o outro", explicou o especialista.

A segurança deve-se ao investimento feito pelos clubes. Setenta e duas horas antes das partidas, por exemplo, os jogadores são testados. "Se seguir as normas adequadas, o futebol em si é seguro. A possibilidade de transmissão dentro de um campo de futebol, de um atleta para o outro, é absolutamente nula", garantiu o médico que integra o Comitê.

Secretário de Saúde de BH, Jackson Machado informou que as mesmas medidas de segurança não seriam adotadas em futebol de várzea. Por isso, peladas e jogos amadores continuam vetados.

Fonte: O TEMPO

Enviar um comentário

0 Comentários