Manifestantes contra decisões do STF e Lula fazem carreatas pelo país

 


Manifestantes promoveram neste domingo (14) atos em capitais pelo país em apoio ao presidente Jair Bolsonaro na gestão da pandemia da Covid-19. Eles são contra medidas mais duras de isolamento social, usadas para tentar frear a aceleração da pandemia.

Os manifestantes também repetem críticas a ministros do Supremo Tribunal Federal. Outro alvo nos atos deste domingo foi o ex-presidente Lula (PT), que recuperou seus direitos políticos na última semana devido a decisão do Supremo.

Vídeos nas redes sociais mostram carreatas e reuniões em que os manifestantes usaram cores da bandeira nacional. Um dos registros foi compartilhado pelo próprio Bolsonaro. Em uma rede social, o presidente escreveu: "Brasília/DF, agora". 

O vídeo mostra centenas de apoiadores em carreata na Esplanada dos Ministérios com cobranças aos governadores que têm determinado medidas mais duras de isolamento social em meio ao recrudescimento da pandemia da Covid-19 no país.

A manifestação em São Paulo ocorreu na região da Assembleia Legislativa e foi até a avenida Paulista, com gritos contra o governador João Doria (PSDB), inimigo político de Jair Bolsonaro. O Rio de Janeiro teve reunião de bolsonaristas em Copacabana, também com cores da bandeira nacional e muitos manifestantes não usando máscara, ou usando de forma incorreta.

Em Belo Horizonte, o ato ocorreu no bairro Mangabeiras, região Centro-Sul. O manifesto contou com mais de 2 mil veículos, segundo estimativa prévia da Polícia Militar, que realiza escolta ao evento. O grupo critica agentes públicos e políticos como ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD). Eles também exaltam figuras como Bolsonaro e aliados.

Por FOLHAPRESS

Enviar um comentário

0 Comentários