'Momento gravíssimo, não vivemos em uma cidade ilhada', diz prefeito de Varginha, Vérdi Melo

 


A cidade de Varginha, no Sul de Minas, vem enfrentando aumento expressivo de casos do novo coronavírus desde o começo deste ano. O prefeito, Vérdi Lúcio Melo, gravou um vídeo na noite deste domingo (14/3) para pedir apoio da população no combate à doença e anunciar ampliação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) COVID-19 e de enfermaria no Hospital de Campanha da cidade.

O vídeo gravado pelo prefeito, Vérdi Lúcio Melo, foi compartilhado nas redes sociais para alertar a população sobre a gravidade da doença e a ampliação de leitos no Hospital de Campanha da cidade.

“É público e notório que o cenário da COVID-19 aponta para os piores momentos para a nossa cidade, para a nossa região, para o nosso estado e para o nosso país. Por esse motivo resolvemos ampliar 12 leitos de UTI e 10 de enfermaria”, disse o prefeito.

Varginha soma 6.785 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 132 mortes em decorrência da doença. Com essa ampliação, o Hospital de Campanha passa de oito para 20 leitos de UTI COVID-19 e de 20 para 30 leitos de enfermaria. “Nesse momento, estamos contratando pessoal da saúde para dar atendimento aos pacientes de COVID-19”, afirmou o prefeito.

O aumento expressivo acontece desde o começo do ano, quando a cidade registrou 100% dos casos. Com a chegada da vacina contra a COVID-19, o município teve um avanço nos casos de internação dos idosos, mas por outro lado, dados mostraram um aumento de pessoas mais novas, que não são da zona de risco, sendo infectadas.

Para combater esse avanço da doença, o município tem adotado medidas restritivas como prorrogação do estado de emergência na saúde e o retorno das aulas presenciais da rede pública para abril.

“Mas de nada adianta os altos investimentos, ampliar as nossas vagas de CTI, ampliar vagas de enfermaria, tomar medidas drásticas contra o comércio, enfim, fazer tudo que estamos fazendo se as pessoas não entenderem o momento que estamos vivendo, que é um momento gravíssimo”, ressalta prefeito.

Ainda no vídeo, o prefeito fez um apelo à população sobre o respeito às medidas de prevenção.

“Hoje, domingo, dei uma volta pela cidade e confesso a vocês que fiquei muito triste. Passei por vários pontos, onde as pessoas não estão preocupadas. Estão achando que vivem em um país que a COVID-19 não passou e não vai passar. Não usam máscaras, aglomerações e tudo aqui que não queremos, uma parcela da população está fazendo. Eu quero fazer um apelo a todos, porque não vivemos em uma cidade ilhada. Nossa cidade tem COVID-19, tem problemas com o enfrentamento. Já perdemos várias preciosas vidas. Queremos que as pessoas façam a sua parte, porque o poder público está fazendo a dele. Sem a colaboração das pessoas, nós não conseguiremos enfrentar esse desafio que estamos vivendo”, alertou.

Fonte: Estado de Minas

Enviar um comentário

0 Comentários