Número de beneficiários do Bolsa Família aumenta em Varginha

 No mês de fevereiro de 2021 houve um aumento no número de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em Varginha. O programa beneficiou 2.389 famílias, pelo menos 249 famílias a mais do que no mês anterior. Trata-se de famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais e que já aguardavam a concessão do benefício pelo governo federal.



Embora ainda haja um número expressivo de famílias inscritas no Cadastro Único que aguardam a concessão do benefício, o acréscimo dessas novas famílias na folha de pagamento do programa traz grande contribuição para redução de situações de vulnerabilidade socioeconômica, aliada ao estímulo da autonomia, já que o benefício é pago em espécie diretamente ao responsável familiar.

Importante reforçar que 249 é o número mínimo de novas famílias beneficiárias, já que, para além do acréscimo numérico, há mais famílias recém-beneficiadas pelo Bolsa Família em substituição a famílias que, por não atenderem mais aos critérios do programa, deixaram de ser beneficiárias, ou seja, tanto o número como as pessoas beneficiárias variam mensalmente como consequência de processos de inclusão, cancelamentos e manutenção da folha de pagamento.

O município é responsável pelo cadastramento das famílias, mas a concessão do benefício é realizada exclusivamente pelo governo federal. Assim, uma família que é cadastrada e atende aos critérios passa a ser apta, mas não necessariamente tem direito ao benefício, já que este será concedido segundo critérios específicos do governo federal.

Entre os critérios utilizados para concessão do benefício é importante destacar, além da disponibilidade de recursos financeiros do governo federal, o fator do cruzamento de dados. O governo federal compara periodicamente as informações prestadas ao Cadastro Único com outras bases de dados e, quando há divergência, existe grande probabilidade de que o benefício não seja concedido. Por isso, é muito importante que as famílias mantenham seus cadastros sempre atualizados e condizentes com a situação real do grupo familiar.

Enviar um comentário

0 Comentários