PCMG participa da operação Nacional Resguardo em todo o estado

 


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou, nesta segunda-feira (8/3), a operação Resguardo, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi/MJSP). O coordenador de Operações da Superintendência de Investigação e Polícia Judiciária da PCMG, delegado Álvaro Huertas, pontua que essa é a maior ação de enfrentamento da violência contra a mulher do Brasil. “São 27 estados, 9 mil pessoas presas, mais de 12 mil policiais empenhados e mais de 167 mil vítimas atendidas em todo o país”, informa.

Minas Gerais contabilizou, em 846 municípios dos 19 departamentos de Polícia Civil, 2.984 policiais empenhados para o cumprimento de 250 mandados de prisão, 281 mandados de busca e apreensão e mais de 4 mil solicitações de medidas protetivas de urgência. O número de visitas verificadoras do cumprimento de medidas protetivas superou 2 mil. Além disso, as equipes apreenderam 42 armas e efetuaram mais de 1 mil prisões em flagrante. Foram, no total, mais de 6 mil mulheres vítimas atendidas pela ação da Resguardo. A chefe do Departamento de Investigação, Orientação e Proteção à Família (Defam) diz que recebeu a missão da operação Resguardo com responsabilidade e determinação. “Ações assim demonstram que as polícias civis de todo país estão juntas no enfrentamento da violência contra a mulher”, finaliza.

 

Centro-Oeste e Sul de Minas

O 7º Departamento de Polícia Civil - Divinópolis, no Centro-Oeste, cumpriu cinco mandados de prisão, atendeu 66 vítimas e solicitou 14 medidas protetivas de urgência. Já as regionais em Lavras, Varginha, Três Corações e Campo Belo, pertencentes ao 6º Departamento - Lavras, atenderam 68 vítimas, bem como efetuaram 29 prisões em flagrante, cinco mandados de prisão e dois de busca e apreensão, além de 48 solicitações de medidas protetivas. Em Pouso Alegre, área do 17º Departamento, foram efetuadas cinco prisões e 10 vítimas foram atendidas. No âmbito do 18º Departamento - Poços de Caldas, foram atendidas 11 vítimas. A PCMG cumpriu ainda nove mandados de prisão e nove de busca e apreensão. Também houve 89 solicitações de medidas protetivas.

Varginha 24 horas

Enviar um comentário

0 Comentários