Polícia Militar usa drones para fiscalizar festas clandestinas na cidade de Pouso Alegre

 


A Polícia Militar está utilizando drones para fiscalizar a realização de festas clandestinas e outras aglomerações em Pouso Alegre. A ação é foi adotada em todo o estado e tem funcionado como um dos braços de apoio das autoridades para fiscalização do cumprimento das  restrições impostas pela ‘onda roxa’.

“A estratégia tem como objetivo a identificação de locais com aglomeração de pessoas, incluindo aqueles rotineiramente utilizados para a prática de atividades físicas, e dos eventos clandestinos. A partir desse monitoramento, as equipes em solo serão acionadas para realizarem as abordagens e impedirem a continuação da irregularidade verificada”, explicou a capitão Layla Brunnela, porta-voz da PM. Apesar dos números alarmantes de novos casos de Covid-19, mortes e internações na cidade, as denúncias de desrespeito às restrições não param de chegar às autoridades. Na tarde de hoje, por exemplo, a Polícia Militar dispersou uma aglomeração que ocorria em uma praça e campo de futebol no bairro São Cristovão.


PM de Pouso Alegre não vai divulgar dados

Em Pouso Alegre, o 20º Batalhão da PM afirmou que não vai divulgar estatísticas acerca dessas abordagens. “A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) esclarece que não serão fornecidos dados estatísticos sobre atuação operacional da instituição nesse momento da Onda Roxa da pandemia. A prioridade da instituição é o atendimento à sociedade, por meio de orientação e conscientização da população, e não a quantificação de abordados ou outro tipo de estatística relacionada a esse contexto.”, informou em nota destinada à imprensa local.

Fonte: Rede Moinho

Enviar um comentário

0 Comentários