Prefeitura acata decisão do TJMG e Varginha adere à onda roxa

 


“Fomos intimados  (29). A procuradoria fez o recurso, mas como não é efeito suspensivo, nós teremos que a partir de amanhã a contragosto. Vamos mudar toda a logística [do que estávamos fazendo] e vai acabar piorando ao invés de melhorar. Vai desmontar todo um processo que estávamos fazendo há um ano, mas o que a Justiça decide, nós temos que cumprir. 

Li a sentença e fiquei triste, porque não tem nenhuma fundamentação que pudesse nos convencer, é o que temos que fazer, é o que temos que cumprir, disse Vérdi. 

A Prefeitura de Varginha aderiu à onda roxa do Minas Consciente e a cidade vai seguir as medidas restritivas impostas pelo Governo de MG. Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (29), o prefeito Vérdi Lúcio Melo (Avante) disse que as restrições passam a valer nesta terça-feira (30). De acordo com o prefeito, a administração municipal foi intimada sobre a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) apenas na tarde desta segunda-feira e por isso os decretos elaborados pela prefeitura estavam em vigor. Varginha já entrou com recurso para tentar reverter a decisão. A partir de hoje nosso município estará inserido na onda roxa”, disse o prefeito.


Enviar um comentário

0 Comentários