AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Atlético recebe América de Cáli e busca primeira vitória na Libertadores



Pressionado após estrear com empate contra o Deportivo La Guaira-VEN, o Atlético tem pela frente um compromisso fundamental para as pretensões na Copa Libertadores. Nesta terça-feira, o time do técnico Cuca recebe o América de Cáli-COL, no Mineirão, e busca a primeira vitória no Grupo H da competição continental. A bola rola às 19h15.

Após a igualdade por 1 a 1 na Venezuela, Atlético e La Guaira-VEN somam um ponto e dividem a vice-liderança da chave. O líder é o Cerro Porteño-PAR, que venceu o lanterna América de Cáli-COL na Colômbia por 2 a 0. Paraguaios e venezuelanos se enfrentam em Assunção, nesta quarta-feira, na outra partida da segunda rodada.

Em momento irregular sob o comando de Cuca, o Atlético tem como trunfo o Mineirão. Nos últimos 30 jogos como mandante no estádio, o time alvinegro venceu 25, empatou quatro e perdeu apenas um.

Busca pelo bom futebol


O Atlético da temporada 2021 tem convivido com uma série de turbulências. Desde a chegada de Cuca - há cerca de 40 dias -, o time não consegue emendar boas atuações e encontra dificuldades para se adaptar ao novo estilo de jogo.

Os desacertos do campo, simbolizados pela fragilidade defensiva e a falta de repertório ofensivo, se estenderam para o vestiário. Cuca e o atacante Hulk, uma das principais estrelas do elenco, se desentenderam publicamente. Depois, o jogador publicou um vídeo em que diz respeitar o treinador.
Em entrevista nessa segunda-feira, o zagueiro Igor Rabello negou que o grupo alvinegro esteja “rachado” e pediu tempo para que os jogadores se adaptem às ideias da nova comissão técnica. O defensor foi titular na vitória da equipe alternativa por 1 a 0 sobre o Athletic, pelo Mineiro, no último sábado, e briga com Réver por uma vaga no jogo desta terça.

“Sempre que tem uma mudança de comissão, tem uma adaptação. Cada um tem seu trabalho. A gente vem trabalhando bastante no dia a dia para melhorar. O Cuca diz muito que estamos criando uma família. Isso é muito importante, principalmente num campeonato tão difícil como é a Libertadores. Com o tempo, vamos melhorando esse desempenho dentro de campo”, projetou.

Em busca pelo melhor rendimento, Cuca estuda alternativas na formação titular alvinegra. A maior dúvida é no setor ofensivo. O técnico pode manter os três atacantes (com Keno, Vargas e Savarino/Hulk) ou fortalecer o meio com a entrada de Matías Zaracho num quarteto ao lado de Allan, Tchê Tchê e Nacho Fernández.

O adversário

Atual campeão colombiano, o América de Cáli-COL está pressionado por duas derrotas seguidas. Depois dos 2 a 0 diante do Cerro Porteño-PAR na estreia, a equipe comandada pelo técnico Juan Cruz Real perdeu por 2 a 1 para o Millonarios-COL, no jogo de ida das quartas de final do Torneio Apertura.

Novo revés no Mineirão pode significar demissão do treinador, que deve apostar nos contra-ataques. As principais armas ofensivas são os velozes Vergara, de 24 anos, e Moreno, de 21. Artilheiro da equipe, Adrián Ramos está fora do jogo por conta de problemas musculares. O zagueiro Marlon Torres e o ponta Steven Lucumi também são desfalques por lesão..

ATLÉTICO X AMÉRICA DE CÁLI-COL


Atlético
Everson; Guga, Réver (Igor Rabello), Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê, Matías Zaracho (Savarino ou Hulk) e Nacho Fernández; Keno e Eduardo Vargas
Técnico: Cuca

América de Cáli-COL
Joel Graterol; Cristian Arrieta, Kevin Andrade, Jerson Malagón e Pablo Ortiz (Héctor Quiñones); Rafael Carrascal, Luis Paz e Yesus Cabrera; Duván Vergara, Diber Cambindo (Aildair Rodrigues) e Santiago Moreno
Técnico: Juan Cruz Real

Motivo: segunda rodada do Grupo H da Copa Libertadores
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: terça-feira, 27 de abril de 2021, às 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes: Richard Trinindad (URU) e Martín Soppi (URU)

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.