Campanha de vacinação contra a gripe terá divisão por públicos em Minas Gerais



 A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que começou na última  segunda-feira, 12, terá divisão por públicos em Minas Gerais.

 Imunização, que vai até 9 de julho, foi dividida para evitar aglomeração de pessoas. A meta no estado é imunizar 90% do público prioritário, composto por aproximadamente 8,4 milhões de pessoas em Minas Gerais.

 Para isso, a campanha será dividida em três fases:

- 1ª etapa (até o dia 10 de maio): voltada a crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas, povos indígenas e trabalhadores da Saúde;

- 2ª etapa (de 11 de maio e a 8 de junho): voltada a idosos com mais de 60 anos e professores das escolas públicas e privadas;

- 3ª etapa (de 9 de junho a 9 de julho): voltada a pessoas com morbidades, pessoas com deficiência, trabalhadores de transporte coletivo, portuários, Forças de Segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

E quem tomou a vacina contra a covid-19?

Se a pessoa estiver incluída no grupo prioritário para a imunização contra a covid-19 e, também, para influenza, a recomendação é que seja priorizada a vacinação contra o coronavírus.

 O reagendamento para a imunização contra a gripe deve ser programado para 14 dias após a aplicação da dose contra a covid-19.

Enviar um comentário

0 Comentários