AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Corpos enrolados em cobertores ficam expostos em porta de UPA de BH

 


Dois corpos enrolados em cobertores estavam expostos na portaria da UPA Venda Nova, em Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira (5).

Segundo denúncia de um telespectador, que não quis se identificar, os sacos para acondicionamento de corpos na UPA acabaram e, por isso, os corpos estavam sendo enrolados em lençóis e cobertores.

A prefeitura confirmou que a foto foi feita na UPA Venda Nova. Mas negou que haja falta de sacos plásticos.

Segundo a denúncia, no domingo (4) havia quatro corpos no necrotério desta UPA.

Questionada sobre o motivo de os corpos estarem envoltos em cobertores e, não nos sacos plásticos, já que não há falta do material, a prefeitura disse que segue orientações do Ministério da Saúde, de março de 2020.

Ao contrário do que mostram as foto enviadas à TV Globo, o Ministério da Saúde orienta que a embalagem dos corpos tenham três camadas. A primeira deve ser coberta com lençóis; a segunda deve ter um saco impermeável próprio, para impedir que haja vazamento de fluidos corpóreos e a terceira camada deve ser um segundo saco, desinfetado com álcool a 70%, solução clorada 0,5% a 1%.

Após a publicação desta reportagem, a prefeitura disse que a foto foi tirada antes da conclusão do processo.

E reiterou que Belo Horizonte, assim como todo o país, se encontra em uma situação grave em relação à pandemia da Covid-19.

"As UPAs da capital têm apresentado aumento na procura por atendimento nas unidades e a Secretaria Municipal de Saúde trabalha de forma ininterrupta para que todos os pacientes sejam atendidos. Porém, a Covid-19 é uma doença grave e muitos casos evoluem para óbito", disse o texto.

Fonte: G1 MG


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.