ALMG decreta luto oficial pelos 400 mil mortos por Covid-19



 O presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Agostinho Patrus (PV), decretou luto oficial de três dias no Parlamento mineiro, em razão das mais de 400 mil mortes provocadas pela Covid-19 no Brasil.   A portaria que traz essa medida já vigora a partir da última quinta-feira (29/4/21) e foi publicada no Diário do Legislativo ontem, sexta-feira (30). Durante o período de luto oficial, ficam proibidas comemorações de qualquer natureza na Assembleia Legislativa. As bandeiras de Minas Gerais e de Belo Horizonte já estão hasteadas a meio-mastro no Hall das Bandeiras, em memória e respeito às vítimas da doença. O consórcio dos veículos de imprensa, que faz a contagem dos casos e mortes com base em dados das secretarias estaduais de saúde, confirmou a marca de 400 mil mortes na tarde da última quinta-feira (29).

“400 mil mortes. O pior é sabermos que grande parte poderia ser evitada. Sentimento que chama a atenção é que, de alguma forma, há uma banalização da morte. Tudo vira estatística, o que nos faz perder muito da dimensão humana. Meus sentimentos a todos que perderam um ente querido”, afirmou o presidente Agostinho Patrus.

Enviar um comentário

0 Comentários