Assaltantes armados invadem loja e fazem família refém



 Assaltantes invadiram uma loja de vestuário e eletrônicos na última terça-feira, 11, em Borda da Mata, no Sul de Minas, e fez uma família refém. A ação ocorreu no início da tarde e foi registrada por câmeras de segurança do estabelecimento.

As imagens mostram que ao menos um dos assaltantes estava armado. Eles dominaram o dono da loja, amarrando suas mãos e mantiveram refém sua mulher e filha pequena, que estava no colo da mãe, enquanto colocavam pertences da loja em uma mochila.

Nas imagens captadas pelas câmeras de segurança, é possível ouvir quando um dos assaltantes diz que a dupla seria de São Paulo e não teria nada a perder.

“Não tem dinheiro não? Não tem? É certeza?”, indaga o assaltante que está com a mochila na mão recolhendo eletrônicos da loja.

A mulher diz que não tem dinheiro ao que o assaltante que está armado ameaça: “Pra nóis centar o pau em vocês aqui é dois palitos. 

Nós mata oceis e some, nem polícia acha nóis”, diz o assaltante enquanto aponta a arma para o proprietário da loja.

O dono da loja, por sua vez, argumenta que os pertences da loja era tudo que ele tinha e pede que os assaltantes não machuquem sua família. Durante todo o assalto ele mantém um diálogo com os assaltantes, ressaltando que eles poderiam pegar o que quisessem, contanto que não machucassem sua família.

Mesmo com a cooperação do proprietário da loja, a dupla manteve uma postura agressiva, com ameaças, em alguns momentos, chega a reclamar do choro da criança.

A certa altura, o homem que está armado recebe uma ligação e diz: “A gente está pegando aqui, pode ficar de boa”, indicando que eles recebiam suporte de um terceiro comparsa fora da loja.

A dupla teria fugido em um Fiat Uno com placas de Borda da Mata. Ainda não há informações sobre qual direção eles teriam tomado.

A Polícia Militar de Borda da Mata trabalha na captura dos assaltantes. Um menor de 18 anos já teria sido detido e reconhecido por uma das vítimas.

Fonte: TV Minas.com

Enviar um comentário

0 Comentários