Atlético recebe Cerro Porteño e busca liderança isolada na Libertadores

 


A vitória na última semana contra o América de Cáli-COL pela Copa Libertadores mudou o astral do Atlético. A desconfiança vai dando lugar à esperança para o torcedor alvinegro. A chance de confirmar a boa fase é na noite desta terça-feira, quando o Galo enfrentará uma verdadeira 'pedra em seu sapato'. O time comandado por Cuca recebe o Cerro Porteño-PAR, às 19h15, no Mineirão, pela terceira rodada do Grupo H da competição continental.

Brasileiros e paraguaios dividem a liderança do Grupo H, com quatro pontos. Os dois times venceram o América de Cáli e empataram com o Deportivo La Guaira-VEN. Quem conseguir o resultado positivo no Gigante da Pampulha vai dar passo importante em busca da classificação às oitavas de final da Libertadores.

Retrospecto


Estar no grupo do Cerro Porteño na Copa Libertadores não traz boas memórias ao torcedor do Atlético. Em 2021, é a quarta vez que isso ocorre - em todas as anteriores, o time alvinegro foi eliminado.

O retrospecto diante do Cerro não é nada bom. Nas seis partidas disputadas, o Atlético venceu apenas uma, empatou duas e perdeu três.

Reencontro


O reencontro entre as equipes acontece pouco mais de dois anos após o último confronto. Os times jogaram pela última vez em 10 de abril de 2019 e o resultado não foi nada bom para o Galo: derrota por 4 a 1 em Assunção, no Paraguai. A goleada causou a demissão de Levir Culpi no alvinegro.

Do último confronto realizado, apenas três jogadores seguem no elenco alvinegro: o lateral-direito Guga, o zagueiro Igor Rabello e o meia Nathan. Victor e Leonardo Silva, que também jogaram no Paraguai, se aposentaram e trabalham em outras áreas do clube.

Embalado


O Atlético chega embalado para o duelo desta noite. Além da primeira vitória na Libertadores, conquistada na última semana, o Galo goleou o Tombense no último sábado, pelo jogo de ida na semifinal do Campeonato Mineiro. Com o triunfo por 3 a 0, o time de Cuca encaminhou a vaga na decisão.

Hulk é a grande esperança da equipe atleticana. Escalado como centroavante nos últimos três jogos, fez três gols, deu uma assistência e sofreu dois pênaltis. O jogador ganhou, em campo, a posição na equipe titular alvinegra.

A tendência é que o técnico Cuca faça duas alterações na equipe em relação ao time que venceu o América de Cáli. Uma delas é certa: a entrada de Hulk no lugar de Eduardo Vargas. Já no meio-campo, o argentino Matías Zaracho - titular diante dos colombianos - está fora por conta de uma entorse no tornozelo direito. Substituto mais provável, Nathan também é ausência, já que foi expulso no último jogo. Portanto, a tendência é que Allan assuma o posto. Alan Franco é outra possibilidade.

Cerro Porteño-PAR


O técnico Francisco "Chiqui" Arce fará ao menos duas alterações em relação ao time escalado na vitória por 2 a 0 sobre o arquirrival Olimpia, no último sábado. No gol, o brasileiro Jean entra no lugar de Miguel Martínez. No meio-campo, Enzo Giménez substitui Mateus Gonçalves, outro do elenco do Cerro Porteño-PAR nascido no Brasil.

A única incógnita é no ataque. O jovem Robert Morales, de 22 anos, e o experiente Mauro Boselli, de 35, disputam posição.

ATLÉTICO X CERRO PORTEÑO-PAR


Atlético
Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Tchê Tchê, Allan (Alan Franco) e Nacho Fernández; Savarino, Keno e Hulk
Técnico: Cuca

Cerro Porteño-PAR
Jean; Alberto Espínola, Juan Patiño, Alexis Duarte e Santiago Arzamendia; Enzo Giménez, Mathías Villasanti, Ángel Cardozo, Federico Carrizo e Claudio Aquino; Robert Morales (Mauro Boselli)
Técnico: Francisco "Chiqui" Arce

Motivo: 3ª rodada do Grupo H da Copa Libertadores
Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte
Data: 4 de maio de 2021
Horário: 19h15

Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Gabriel Chade (ARG)

Enviar um comentário

0 Comentários