Coluna de Minas Gerais 26/05/2021

 


Professores protestam em Araguari

Durante sessão ordinária na Câmara Municipal de Araguari, professores protestaram contra o projeto “Mãos Dadas”, que visa mudanças estruturais na educação, incluindo a municipalização de parte da rede pública. Em razão da pandemia do novo coronavírus, os professores se revezaram na manifestação, respeitando todas as medidas sanitárias. De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, a iniciativa é positiva e já é possível observar alguns resultados, já que alguns parlamentares defendem a causa e buscam alternativas para barrar o projeto. (Gazeta do Triângulo – Araguari)

 

Senac abre inscrições para cursos gratuitos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), por meio do Programa Senac de Gratuidade (PSG) divulgou que está com inscrições abertas para cursos gratuitos em Ipatinga e Coronel Fabriciano. As aulas devem ser ministradas na modalidade remota e o principal objetivo dos cursos é promover o acesso à educação profissional de qualidade para pessoas cuja renda familiar mensal não ultrapasse o total de dois salários mínimos. Os interessados devem realizar o cadastro pelo site www.mg.senac.br/programasenacdegratuidade/, onde é necessário anexar uma cópia do documento de identidade, do Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de endereço e de escolaridade. (Diário do Aço – Ipatinga)

 

MPMG aciona justiça em Juiz de Fora

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), divulgou uma proposição de ação civil pública, que tem o objetivo de viabilizar um cronograma para o retorno das atividades escolares em Juiz de Fora, conforme os termos da deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19 nº 129/2021. A ação foi apresentada pelas coordenadorias regionais de Defesa da Educação e dos Direitos da Criança e do Adolescente da Zona da Mata e de Defesa da Saúde da Macrorregião Sanitária Sudeste, e pelas Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde e de Defesa da Educação e dos Direitos de Crianças e Adolescentes. Caso os pleitos sejam aprovados e haja descumprimento por parte do município, uma das consequências é a fixação de multa diária para os gestores municipais. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Centro de saúde recebe recursos

O Centro “Mais Vida” de Referência em Assistência ao Idoso “Eny Faria de Oliveira” (Crasi), do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), que pertence a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), recebeu a aprovação do repasse de R$ 2.860.264,32, como parcela excepcional para incentivo financeiro estadual de custeio para apoio e fortalecimento da unidade, conforme extrato publicado no Diário Oficial. O local é especializado em atendimento multidimensional ao idoso em situação frágil nas áreas de Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Serviço Social, Psicologia, Terapia Ocupacional e Enfermagem, além do atendimento em reabilitação física. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)


 

Lei deve financiar cestas básicas

Vereadores de Pará de Minas aprovaram o projeto 34/2021, durante reunião realizada de forma virtual, autorizando o poder Executivo Municipal a adquirir oito mil cestas básicas para serem encaminhadas à famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social, atingidas pelo efeitos da pandemia do novo coronavírus. Também estavam na pauta os projetos 119/2021, que trata da proteção, preservação, conservação, controle e recuperação do meio ambiente e de melhorias na qualidade de vida no município, e 37/2021, que propõe a distribuição de absorventes higiênicos para mulheres de baixa renda, no entanto, as proposições não foram votadas. (Jornal Pará de Minas)


 

UAI suspende atividades presenciais

A Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Varginha, localizada no Via Café Garden Shopping, divulgou a suspensão dos atendimentos presenciais a partir desta semana, sendo que não há previsão para a retomada dos serviços nesta modalidade. De acordo com a nota divulgada pela instituição, a medida se deu em razão do avanço dos casos do novo coronavírus e, para esclarecer as duvidas da comunidade, o contato pode ser realizado via e-mail, pelo endereço uai.varginha@minascidadao.com.br. (Correio do Sul – Varginha)


 

Multas de trânsito via celular

Conforme divulgado pela Prefeitura de Divinópolis, o município é o primeiro de Minas Gerais a implantar o Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) para infrações de trânsito. A medida foi aprovada pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Segurança Pública (Settrans) e, com isso, os motoristas autuados podem optar por receber as multas e notificações pelo celular, eliminando a necessidade do envio de correspondências. Quem optar pelo sistema deve instalar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito, disponível em todas as plataformas de android e iOS. Para mais, ainda é possível reconhecer a infração e receber o desconto de até 40% do valor da multa, deixando de apresentar defesa prévia e recursos para multas. (Divinews - Divinópolis)

Enviar um comentário

0 Comentários