Crea-MG e AMM lançam cartilha para apoio a prefeituras



  O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) e a Associação Mineira de Munícipios (AMM) lançaram, ontem, dia 06 de maio de 2021, a cartilha “Ideias e soluções para os municípios - Contribuições da engenharia, da agronomia e das geociências”.  A iniciativa tem como objetivo auxiliar prefeituras e câmaras municipais a superar desafios relacionados à área técnica, proporcionando, assim, segurança, equilíbrio ambiental, cumprimento da legalidade e acima de tudo bem-estar humano e social. 

A publicação, além de contemplar o conjunto de ações voltadas para os municípios com ideias objetivas sobre desenvolvimento, também mostra como essa parceria entre Crea-MG e as administrações municipais pode se tornar benéficas para todos. 

Os temas abordados no documento estão agrupados em torno de seis eixos: meio ambiente, urbanicidade, impacto das chuvas, alimentos, rodovias e valorização das profissões. 

O presidente do Crea-MG, engenheiro civil Lucio Borges, acredita que por meio da cartilha e da celebração de convênios de mútua cooperação, o Conselho poderá contribuir para a discussão das políticas públicas setoriais do município.  “O Conselho dá mais um passo em direção ao estreitamento das relações com prefeituras, câmaras municipais e suas entidades representativas. Esse caminho, que é de mão dupla, levará, com certeza, a uma maior inserção da engenharia, da agronomia e das geociências na vida cotidiana dos municípios”, ressalta Lucio.  

Já o presidente da AMM, Julvan Lacerda, ressalta que o desenvolvimento de um município se re?ete nas boas políticas públicas construídas por meio do envolvimento de diferentes fatores técnicos. “Com a parceria estabelecida com o Crea-MG, vimos a oportunidade de oferecer a qualificação da gestão municipal, com a participação de profissionais da engenharia, da agronomia e das geociências, para garantirmos projetos de qualidade, contemplando todos os ciclos da execução, do planejamento à finalização”, pontua Julvan. O documento aborda, também, a importância da participação democrática e do planejamento estratégico, além de trazer um detalhamento das fontes de recursos para os municípios.


Enviar um comentário

0 Comentários