Escola do Legislativo discute desafios das mulheres no mercado de trabalho



 Na última terça-feira (4), a Câmara de Varginha abriu mais uma vez as portas do Plenário para as Mulheres. No mês em que comemoramos o dia do trabalho, o tema abordado foi “Mulheres Trabalhadoras: Os Desafios da Atualidade”.

Estiveram presentes na discussão a presidente da Câmara vereadora Zilda Silva, o Presidente da Escola do Legislativo Professor Rodrigo Naves, o vereador Dr. Lucas, o deputado estadual Professor Cleiton Oliveira, o reitor do grupo Unis Professor Stefano Gazzola, a bacharel em Direito Erika Tobias, a psicopedagoga Nidia Mirian Rocha Felix, a pedagoga Márcia Francelino, a bacharel em administração Rosalina Vale da Silva Reis, e a técnica de enfermagem Beatriz Souza Terra.

Na abertura do evento que faz parte do Projeto Parlamento Mulher da Escola do Legislativo de Varginha, a presidente Zilda Silva destacou a importância do encontro como forma de incentivar outras mulheres. “Ouvir o relato de todas essas profissionais, é uma forma que temos de encorajar outras mulheres, principalmente neste momento de pandemia onde nós temos inúmeras dificuldades de colocação e recolocação das mulheres no mercado de trabalho”, disse.

O deputado Professor Cleiton agradeceu o convite e parabenizou a Câmara pela iniciativa. “É uma honra estar neste evento que demonstra a preocupação desta casa em fortalecer a participação das mulheres nos diversos espaços de poder. Nós precisamos discutir e debater de fato essas questões”, destacou o deputado.

O reitor Stefano Gazzola lembrou que trabalha em uma instituição formada em sua maioria por mulheres que nesse período de pandemia assim como outras mulheres tiveram que repensar suas atuações tanto no mercado de trabalho como em suas rotinas do lar.

“As mulheres estão passando por um momento difícil. Elas sempre tiveram uma jornada dupla que foi intensificada com essa pandemia. Precisamos olhar com carinho a questão das mulheres no mercado de trabalho”, reforçou também o vereador Dr. Lucas. Para o vereador Rodrigo Naves as mulheres são incansáveis na luta do dia a dia. “Eu vejo aqui a história das mulheres buscando sua valorização sendo que ao longo dos anos sempre foram desvalorizadas. São eventos como esse que nos fazem pensar e sermos melhores na nossa condição de seres humanos”, enfatizou.

Erika Tobias lembrou que não importa a maneira de chegar, sempre será preciso alguém que possa acreditar e confiar em você. “É uma alegria estar aqui representando as mulheres negras e a trabalhadora que hoje sou. Nós como mulheres queremos nosso lugar no mercado. Temos sonhos, anseios e buscamos simplesmente nosso direito de trabalhar e a missão está só começo”, disse. Para a professor Nídia, tudo no mundo parte da ideia de um processo de experiência. “Minha fala é uma fala de emancipação. Como uma profissional da educação eu tenho o dever de ensinar. Dar oportunidade para as pessoas terem a oportunidade de experimentar, transformar. A educação acontece em todo lugar e pode transformar nossa realidade”, enfatizou.

A pedagoga Márcia Francelino destacou a alegria de estar junto com tantas mulheres podendo abordar um assunto tão relevante.  “Não vejo diferenças na minha cor, trabalho com afinco. Se estou onde estou, tenho um trabalho digno, eu conquistei através da educação e de todo o aprendizado que tive dos meus pais. Estamos no caminho certo”, reforçou ela. Rosalina Reis agradeceu a confiança em abrir esse espaço para que as mulheres possam expressar suas ideias. “Trabalho há vários anos no setor de empregos e vejo que é preciso incentivar as pessoas para que elas busquem a qualificação profissional e nesse sentido as mulheres tem mais coragem. A luta é constante, embora já tenhamos alguns avanços”, disse.

A técnica de enfermagem Beatriz disse que foi uma honra estar no plenário da Câmara podendo representar os profissionais da área da saúde. “Temos muitas vezes uma jornada extenuante e na grande maioria somos mulheres. Mulheres que são profissionais, mães e esposas, mas que em todas essas funções dão sempre o melhor de si”, destacou.

Ao final do encontro a presidente Zilda fez a leitura de uma mensagem onde homenageou todas as mulheres, trabalhadoras ou não e também a todas as mães pelo seu dia que foi comemorado no último domingo(9).

Enviar um comentário

0 Comentários