Grupo Unis promove ação voltada a mulheres em situação de pobreza menstrual

 


A menstruação é um processo natural do corpo feminino, mas ainda um tabu e cercado de desinformação. Por isso mesmo, é questão de saúde pública e não pode ser ignorada. Agora, e se além de desinformação, falta dinheiro para comprar produtos de higiene, como o absorvente? Esta situação é chamada: pobreza menstrual. Você já parou para pensar como isso pode afetar a vida de uma mulher?

Segunda a antropóloga Mirian Goldenberg, em uma entrevista concedida ao programa Fantástico da Rede Globo, uma em cada quatro jovens já faltou à aula por não poder comprar o absorvente. 

Por falta de informação ou de dinheiro para comprar, muitas mulheres acabam sem escolha. Elas têm vergonha, tentam esconder.

A falta de absorvente provoca uma sensação de insegurança. É algo que as mulheres sofrem sozinhas, como se fosse um fracasso, uma vergonha, além dos graves problemas que essa situação pode causar na saúde dessas mulheres, segundo ginecologistas. 

Pensando nisso, o Grupo Unis está promovendo uma ação através do Projeto Diversidade, através do qual você pode ajudar essas mulheres doando um kit básico de higiene. 

O kit é composto por 01 pacote de absorventes, 01 pacote de lenços umedecidos e 01 sabonete em barra. 

As doações estão sendo recebidas no Cesul Lab, que fica na Rua José Gonçalves Pereira, nº 129, na Vila Pinto, Varginha, até o dia 28 de maio.

Enviar um comentário

0 Comentários