Mulher cai em golpe de falso aluguel em Varginha

 


Em Varginha, uma mulher de 29 anos foi vítima de um estelionatário que estava alugando uma casa que não é de sua propriedade. 

O suspeito pediu R$ 650 antecipados para que ela pudesse se mudar para o local, na Rua Honório Benedito Ottoni, Bairro Bela Vista.

O proprietário de uma imobiliária da cidade registrou um boletim de ocorrência na última quarta-feira (12/5). Ele contou para a polícia que no dia 3 de maio, um homem esteve no estabelecimento alegando que se interessou pelo imóvel e pegou as chaves. Mais tarde ele as entregou dizendo que não havia se interessado pelo imóvel.

Segundo a mulher de 29 anos, no dia 2 de maio colocou em um grupo de rede social seu interesse em alugar um imóvel.

 No dia 3 ela foi procurada pelo mesmo homem que se identificou como dono da casa, inclusive enviando fotos. Na mesma semana, no dia 7 de maio ela assinou o contrato e pagou R$ 650 ao estelionatário.

Ao chegar na casa com sua mudança, reparou que sua chave não abria as portas. Ao olhar nas redes sociais, percebeu que a casa estava disponível para aluguel em uma imobiliária e que havia caído em um golpe.

Pelo menos 3 pessoas já caíram neste golpe e alugaram casas de um suspeito de estelionatário nesta quinta-feira. Segundo a Polícia Militar, o suspeito foi localizado na manhã desta sexta-feira.

O coordenador comercial da imobiliária Luís Paulo Rosa relata que a imobiliária foi acionada por uma testemunha, momento em que foi descoberto o golpe. “A vítima contou que o suspeito ofereceu a casa em uma rede social pelo valor de R$ 600, pedindo um pagamento antecipado. Em seguida, a mulher demonstrou interesse pela casa e chegou a receber até um falso contrato. Ao pegarmos o documento, vimos que as informações não batiam. O valor original ofertado pelo dono do imóvel é de R$ 900”, disse o coordenador.

O responsável por outra imobiliária procurou pelo nome do suspeito no sistema e encontrou nos registros que ele havia ido ao local há um mês.

 Em seguida, foi descoberto mais uma vítima do golpe em outra residência.

Os responsáveis pelas imobiliárias destacam a importância de a pessoa interessada em alugar um imóvel procure uma imobiliária de confiança para não correr riscos. 

Ambos enfatizaram o cuidado de rotina ao emprestar chaves de residências para clientes, informaram que é solicitado os documentos pessoais e é preenchido um formulário.

Segundo a Polícia Militar, o suspeito de 35 anos foi encontrado. Porém, ele não foi preso por não ter sido registrado o flagrante. 

A polícia orientou as vítimas que registraram o Boletim de Ocorrência.

Enviar um comentário

0 Comentários