Neto é suspeito de matar a avó após ouvir voz mandando matá-la, em Contagem



Um jovem de 22 anos é suspeito de assassinar a avó a facadas em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada desta sexta-feira (7). De acordo com a Polícia Militar, o suspeito disse que a avó o deixava nervoso fazendo com que ele surtasse. Ainda na versão dele, uma voz dentro da sua cabeça mandou ele acabar com a vida da avó.

O pai do suspeito disse que estava na casa da namorada quando recebeu um telefonema do filho, que estava bastante ofegante, dizendo que avó tinha suicidado. O homem foi para casa da família, no bairro Chácaras Del Rey, e encontrou a mãe, Maria da Conceição de Jesus, de 75 anos, deitada na cama com uma faca cravada no pescoço. Ele tentou carregar a idosa para socorrê-la, mas percebeu que ela já não respirava mais. 

O homem acreditou na versão de suicídio, já que a mãe tinha falado há alguns dias que se mataria, mas, mesmo assim, ele acionou a Polícia Militar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foi acionado para o local e constatou o óbito. 

Os policiais perceberam que o neto não estava esboçando nenhum sentimento de tristeza ou surpresa  em relação a morte da avó. Os militares resolveram perguntar a ele sobre o que tinha ocorrido e o rapaz ficou muito nervoso.

Durante a conversa ele confessou que matou a idosa com facadas e alegou que ela o deixava surtado e que ouviu uma vozde uma menina dizendo para ele cometer o crime. O suspeito foi preso e encaminhado a Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Contagem. 

A perícia da Polícia Civil compareceu ao local do crime e o corpo da idosa foi removido ao Instituto Médico-Legal (IML). O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional. Ele é usuário de drogas. 

O Tempo

Enviar um comentário

0 Comentários