Varginha suspende vacinação em puérperas

 


A vacina em puérperas com comorbidades em Varginha, que seria realizada ontem, quinta-feira (13/5) está suspensa.

O motivo é a falta de vacina CoronaVac para imunizar essa categoria. Atualmente há apenas a segunda dose da vacina CoronaVac no estoque do Município.

O governo federal comprou mais uma remessa de vacina Coronavac. Mas, no final das contas, apenas cerca de mil doses devem ser destinadas a Varginha. O uso da vacina Astrazeneca está suspenso, depois que uma gestante morreu no Rio de Janeiro, na sexta-feira passada (7/4), ao tomar o medicamento. Ainda não há comprovação que a morte foi causada pela vacina, mas o uso em gestantes está suspenso por precaução.

Gestantes que tomaram a primeira dose estão sendo monitoradas. É o caso de Alfenas, aqui no Sul de Minas, onde 11 gestantes receberam a Astrazeneca.

Enviar um comentário

0 Comentários