Cidades Sul-mineiras recebem kit intubação



 Nove cidades do Sul de Minas Gerais receberam medicamentos do chamado kit intubação, comprados e distribuídos pelo governo do Estado. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), a prioridade foi atender hospitais e unidades de saúde que estão com falta ou estoques quase zerados.

O monitoramento é feito a partir da autodeclaração e preenchimento de formulário pelas prefeituras.

Os medicamentos comprados pelo governo são Fentanil e Midazolam. Já o Atracúrio foi adquirido pela União. Em todo o Estado, 91 hospitais receberam a nova remessa dos medicamentos, e não há risco de desabastecimento nos próximos cinco dias.


A distribuição nas cidades do  sul ficou assim:

Poços de Caldas: Hospital de Campanha Midazolam - 100 unidades

Atracúrio - 300 unidades de ampolas com 5ml e 50 unidades de ampolas com 2,5ml

Fentanil - 800 unidades

Itajubá: Hospital de Clínicas Midazolam - 895 unidades Santa Casa Fentanil - 500 unidades

Lavras:  Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 

Midazolam - 20 unidades

Atracúrio - 25 unidades de ampolas com 5ml e 25 unidades de ampolas com 2,5ml

Hospital de Campanha

Midazolam - 20 unidades

Atracúrio - 25 unidades de ampolas com 5ml e 25 unidades de ampolas com 2,5ml

Três Corações: Fundação Hospitalar São Sebastião Midazolam - 345 unidades

Santa Rita do Sapucaí: Fundação Santarritense de Saúde e Assistência Social Fentanil - 350 unidades

Atracúrio - 150 unidades de ampolas com 5ml e 25 unidades de ampolas com 2,5ml

Passos: 

 UPA José Vilela da Silva Midazolam - 100 unidades

Itanhandu: Casa de Caridade Midazolam - 175 unidades

Aiuruoca: Hospital São Vicente de Paulo Midazolam - 25 unidades

Cássia: Instituto São Vicente de Paulo Midazolam - 20 unidades


Quando são usados os medicamentos?

Fentanil: medicamento 50 vezes mais forte que a morfina, é usado para aliviar a dor do paciente que é intubado. Como o procedimento é extremamente invasivo, este medicamento é aplicado para que haja um pouco de "conforto".

Midazolam: sedativo utilizado para pacientes adultos, que dá rápida sensação de sono. É um dos primeiros medicamentos a ser aplicados antes da intubação

Atracúrio: é uma espécie de relaxante muscular, de uso cirúrgico, que permite que a garganta "se abra" para que a intubação possa ser feita sem danificar alguma estrutura interna.

Fonte: Estado de Minas

Enviar um comentário

0 Comentários