AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Coluna - Luiz Fernando Alfredo 15/06/2021




Despiora do Brasil é o efeito da despetização

 O antigo jornal Folha de São Paulo pertencente à velha mídia, atualmente, rotulada de militante raivosa, por ter perdido benesses do Governo Federal e espaços pelas redes sociais, juntamente com os demais órgãos de Imprensa brasileiros, usando de seus pequenos e baratos nichos para desconstruir o Brasil, evidenciando a esquerda maldita e destruidora, para voltar ao comando do país, não perde oportunidades de espalhar o ódio a qualquer custo.

Esta folha de São Paulo foi alvo de satirização ao noticiar a expectativa de crescimento do nosso Produto Interno Produto – PIB, o que é importantíssimo para economia, com a seguinte manchete: a economia do Brasil dá sinais de despiora, mais ou menos assim, cinicamente, adicionando até mais uma palavra, neste vasto dicionário do nosso idioma. 

A mídia atual militante, com alguma exceção, é simplesmente avassaladora, com seus jornalistas mal informados e sem ética, capazes de distorcerem notícias e até banaliza-las, se for para criticar o governo, desinformando-nos a qualquer custo.

E muito natural qualquer opinião contrária na democracia, mas mentir, omitir informações não é uma forma ideal de jornalismo sério e de credibilidade ainda mais com uma intenção nítida de ressuscitar o PT, um partido que quase destruiu o país.

O Brasil está sendo “despetizado”, sem corrupção há dois anos e meio, e está apresentando sinais de “despiora” em toda às áreas, e isto tudo diante de uma pandemia que assombra o mundo inteiro, se não tivesse sido descentralizada inteiramente do governo central, teríamos mais resultados positivos e nada de corrupção – quem sabe, porém é tarde.

Como disse o grande jornalista Rodrigo Constantino: “Se Bolsonaro não tivesse este jeito de “tiozão” piadista de churrasco, seria mais simpático”.  O jornalista está correto, mas este jeito de ser estaria sendo motivos de risos forçados, se o dinheiro estivesse correndo à solta, comprando às consciências dos oportunistas.

Se os “burros” não enxergarem que o Brasil caminha a passos largos para melhorar, depois de diminuírem muito os seus sócios majoritários (Empreiteiras, países comunistas, esquerdistas fanáticos e corruptos, salvo muitos filiados que conhecemos na nossa cidade e são pessoas de bem), estaremos retrocedendo demais e ameaçando nossa soberania, portanto temos que ser brasileiros de fé, atentos, de boa vontade, até as próximas eleições, agüentarmos o “jumento” da comunicação, Jair Bolsonaro legitimamente eleito e sua equipe competente, continuar na missão inédita e corajosa, contra inimigos poderosos e sedentos de poder; continuar “despetizando” o restante dos pais. Com todo respeito, senhores leitores desta coluna, por acaso, existe outra saída mais razoável para o Brasil? 

Temos que deixar o Brasil deslanchar e não dar confiança para a milícia do Renan e outras que surgirão. Continuarmos combatendo a pandemia de maneira justa e humana, com as “ferramentas” que temos, até que este mal de combate incógnito ainda, seja extirpado, com as graças do Senhor Deus. Precisamos ver as coisas com clareza e memória ativa, para não errarmos, pois o Brasil tem jeito.



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.