AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Cruzeiro derrota Ponte Preta e deixa o Z4 da Série B do Brasileiro



Enfim, a primeira vitória. Depois de duas derrotas e um empate na Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro bateu a Ponte Preta por 1 a 0, nesta quarta-feira, em jogo de baixo nível técnico no Moisés Lucarelli, em Campinas-SP. Bruno José marcou o único gol da partida após assistência importante do meia Marcinho.  

Com o resultado, o Cruzeiro deixa o Z4 da Segunda Divisão. Agora com quatro pontos, a Raposa é a 14ª colocada. Nesta quinta, poderá ser ultrapassada pelo Londrina, que mede forças com o Botafogo às 19h.

Sem retornar a Belo Horizonte, o Cruzeiro viaja já nesta quinta-feira ao Paraná, onde enfrenta o Operário, no próximo sábado, às 19h. A partida está marcada para o Germano Kruger, em Ponta Grossa. A Ponte Preta, por sua vez, tem pela frente o clássico diante do Guarani, também no sábado, mas às 18h30.  

O jogo

O Cruzeiro fez, diante da Ponte Preta, um de seus piores 45 minutos iniciais da temporada. Burocrático e sem repertório, chegou ao gol de Ygor Vinhas apenas com finalizações de média distância. A melhor delas foi com Marcinho, aos 44’. Ao longo de toda etapa inicial, no entanto, o time de Mozart não foi capaz de realizar uma infiltração sequer.

Jogando em seus domínios, a Ponte também não foi agressiva. Até circulou a bola, mas não soube aproveitar os erros individuais do sistema defensivo do Cruzeiro. Aos 45’, Eduardo Brock proporcionou contra-ataque após falha grave no meio-campo. Ramon, que estava na cobertura, precisou parar Jean Carlos com falta e levou o cartão amarelo.

Embora com apenas uma substituição - Weverton na vaga de Matheus Pereira -, Mozart mudou a organização do Cruzeiro em campo na volta do intervalo. A equipe seguiu sentindo dificuldades, mas encontrou um gol aos 12'. Marcinho conseguiu quebrar linhas com um ótimo passe para Bruno José, que saiu da marcação de três adversários, entrou na área e bateu cruzado. O chute saiu sem força, mas direcionado ao canto direito de Ygor Vinhas. 1 a 0.

O jogo seguiu travado no meio-campo, sem grandes chances criadas. Mesmo atrás do placar e com substituições para dar mais volume ofensivo, a Ponte Preta encontrou muita dificuldade para infiltrar na zaga do Cruzeiro. Recuada, a Raposa esperou para jogar nos erros do adversário, mas não conseguiu construir as oportunidades. A partida terminou com a vitória simples dos mineiros - a primeira na Série B. 

PONTE PRETA 0X1 CRUZEIRO

Ponte Preta
Ygor Vinhas; Cleylton, Ednei e Ruan Renato (Richard); Kevin, Dawhan, Vini Locatelli (Renatinho), Camilo (Rodrigão) e Jean Carlos; Moisés (Fessin) e João Veras (Paulo Sérgio). Técnico: Gilson Kleina

Cruzeiro
Fábio; Rômulo, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira (Weverton); Flávio (Matheus Barbosa) e Giovanni (Adriano); Bruno José, Marcinho (Airton) e Felipe Augusto; Rafael Sobis (Guilherme Bissoli). Técnico: Mozart

Gol: Bruno José (12’2ºT)
Cartões amarelos: Ramon e Rômulo (Cruzeiro); Ruan Renato e Vini Locatelli (Ponte Preta)

Motivo: 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas
Data e horário: 16 de junho de 2021 (quarta-feira) às 21h30
Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e André da Silva Bitencourt (RS)

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.