AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Homem rasga faixa e pisoteia cruzes que homenageavam vítimas da COVID-19

 


Após ato de vandalismo e ameaças, boletim de ocorrência fora registrado junto à Polícia Militar

Após ameaças em redes sociais, um homem de 47 anos, machadense, cumpriu o que havia prometido e rasgou faixa e pisoteou cruzes afixadas em canteiro da Praça Antônio Carlos (centro da cidade), na noite de sábado, dia 19/06. As cruzes faziam homenagem aos 71 mortos por COVID-19, em Machado, e, menção aos 500 mil mortos pela pandemia, no Brasil. As cruzes de madeira haviam sido afixadas na manhã de sábado, na praça central.

As imagens, que circularam nas redes sociais, na noite de sábado, foram publicadas também pelo portal G1 Sul de Minas, no final da tarde deste domingo, 20/06.

As cenas mostram o homem rasgando a faixa colocada por manifestantes. O homem também aparece pisoteando as 71 cruzes que lembravam as vítimas mortas em Machado. – As cenas reaqueceram os debates em torno do tema, nas redes sociais, e ganhou visibilidade regional. O responsável pelo vandalismo gravou vídeos em tons de ameaça e postou em suas redes sociais.

A vice-presidente do Partido dos Trabalhadores de Machado, professora Larisse Silva Souza registrou um boletim de ocorrências contra o homem que publicou ameaças nas redes sociais e realizou o ato de vandalismo. – A ação foi registrada como ‘dano’, segundo boletim de ocorrência. “Recebi o vídeo por volta de 22 horas. Uma pessoa foi ao local e recolheu o que sobrou. Hoje, registramos o BO. Eu me senti totalmente ofendida. Ele poderia ter se manifestado da forma que ele quisesse, mas não atrapalhando a nossa. Foi uma ofensa à Democracia”, afirmou, ao G1, Larisse Silva de Souza.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.