“Infelizmente vivemos um completo e total descaso com as regras”, diz superintendente de combate à Covid



 O superintendente especial de enfrentamento à Covid de Varginha, o médico infectologista Luiz Carlos Coelho fez o alerta durante entrevista coletiva no auditório do Inprev, na tarde da última segunda-feira 7/6. A coletiva serviu para anunciar obras na Saúde, Educação e Cultura. Também foi anunciado o novo secretário de Saúde, Armando Fortunato Filho.


Ocupação de leitos sempre em 100%

“Infelizmente as notícias são as divulgadas diariamente. Estamos com uma taxa altíssima de transmissão, em um patamar extremamente alto. A macrorregião Sul mantendo a taxa de ocupação de leitos sempre em 100%. O respiro nosso está sendo os leitos acrescentados na UPA. Atendimentos de emergência que iriam para a UPA foram direcionados para o Hospital Bom Pastor. Variante P1 ainda não foi sinalizada em Varginha, mas acreditamos que essa variante é a reponsável pelo perfil novo dos pacientes do Sul de Minas. Estamos vacinando ainda comorbidades e, a partir de hoje, professores e servidores da educação do ensino de zero a 3 anos. Gradativamente estratificando por níveis de ensino e idades também. A gente imagina que esse cenário só vai mudar quando avançar na vacina. Precisamos de 80% a 90% da população vacinada. A melhor forma de evitar ainda é uso de álcool gel, distanciamento social”. “Infelizmente vivemos um completo e total descaso com as regras, com um comportamento negacionista. Enquanto as mães vão às redes pedir misericórdia, os filhos estão nas festas clandestinas, nas pirâmides. Mesmo com decretos restritivos, as pessoas continuam com esse comportamento. Este fim de semana temos o Dia dos Namorados, que também contribui para esse cenário negativo”. Na coletiva, o prefeito Vérdi Lúcio Melo disse que a prefeitura aumentou “de 3 para 8 leitos na UPA. Hospital de Campanha, de 10 para 20 leitos. No Hospital Regional fizemos um investimento de R$ 1 milhão, dobrando o número de leitos. Os medicamentos, oxigênio, não faltaram em Varginha até o momento.  Esta semana direcionamos mais de 50 cilindros de oxigênio para ter uma sobra, para não faltar para ninguém”, disse o prefeito.

Enviar um comentário

0 Comentários