AS ULTIMAS

POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Morador diz que família se reveza acordada por medo de suspeito de matar família em Ceilândia



A rotina da família do comerciante Desinaldo Santana mudou após Lázaro Barbosa, de 32 anos, permanecer em fuga pelas matas de Cocalzinho de Goiás há nove dias. Ele é suspeito de matar uma família em Ceilândia, no DF, no último dia 9. Durante a debandada, o homem tem invadido fazendas e feito reféns.

Todas as noites, um membro da família do comerciante passa acordado, atento à qualquer movimentação na propriedade rural, que fica em distrito de Cocalzinho.

"Não estamos dormindo a noite. Estamos revezando, dorme um, depois dorme outro, para nós fazermos a segurança de nós mesmos que estamos aqui dentro", contou Desinaldo Santana.

Outra rotina afetada é do agricultor Marcelo Cardoso da Silva. Ele contou que a esposa e a sogra se mudaram para outra cidade por causa do medo. Só ficaram ele, o cunhado e um enteado.

"É difícil, né. A gente nem trabalha direito não. Porque acabou o sossego para gente", lamentou o agricultor.

 

A fuga

Lázaro Barbosa está fugindo de uma força-tarefa de mais de 200 policiais há oito dias pela região goiana que fica no Entorno do Distrito Federal. Leia mais abaixo detalhes sobre a fuga.

A polícia usa cães, drones e helicópteros na captura ao suspeito. Trinta e quatro propriedades rurais em Goiás estão ocupadas pelas forças de segurança para evitar ação do homem.

Os homicídios contra a família do DF foram cometidos na quarta-feira (9). Ele é suspeito de assaltar a fazenda e matar a tiros e a facadas os integrantes da família:

  • Cláudio Vidal, de 48 anos - pai e empresário;
  • Gustavo Vidal, de 21 anos - filho do casal;
  • Carlos Eduardo Vidal, de 15 anos - filho do casal;
  • Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos - a mulher do empresário foi sequestrada e morta. O corpo foi achado no sábado (12), em uma mata próxima à casa da família.

 De acordo com a Polícia Militar, ele invadiu chácaras, atirou em três pessoas, sendo uma em estado grave, furtou um carro e o abandonou na BR-070.

Os policiais de Goiás e do Distrito Federal (DF) procuram o suspeito dentro de rios e em matas.

De acordo com o porta-voz da polícia do DF, Michello Bueno, ele conhece bem a região e que, por ser caçador, se esconde com facilidade.

“Ele foi criado nessa região. Conhece cada detalhe. Além disso, ele é um caçador. Então, ele se esconde, dorme em cima das árvores. É um cara que tem uma expertise. Não é um bandido comum”, disse o porta-voz.

Imagens de uma câmera de vigilância, divulgadas na terça, mostraram o suspeito se escondendo da polícia em um galpão de uma chácara em Cocalzinho de Goiás.Testemunhas relataram que ele dormiu no local e não ameaçou ninguém.



G1

 


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.