AS ULTIMAS

POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Polícia investiga tortura de paciente em clínica de reabilitação no Sul de Minas

Vídeo mostra o momento em que um ex-funcionário do centro de tratamento em Passos dá um golpe “mata-leão” na vítima.

A Polícia Civil investiga um caso de tortura contra um paciente de uma clínica para dependentes químicos na cidade de Passos, a 352 km de Belo Horizonte.

Vídeos gravados no local mostram um então funcionário do centro de reabilitação batendo na cabeça da vítima. Em seguida, o homem que aparece de camisa amarela nas imagens aplica um golpe conhecido como “mata-leão” no interno. Em outra gravação, ele coloca um saco plástico na cabeça da vítima.

O caso ganhou repercussão depois que vídeos das agressões chegaram às redes sociais.

Quem aparece nas imagens agredindo o paciente é o ex-funcionário Rubens Oliveira. Ele ja foi ouvido pela polícia e confirmou as agressões.

"Ficou nítido que houve tortura nas dependências. O vídeo é incontroverso, são imagens graves, chocantes, repugnantes, que não deixam dúvidas que houve uma tortura. Foi nas dependências? Foi, porque nós apuramos mediante as oitivas. Havia a conivência da clínica? Estamos apurando ainda" disse o delegado regional Marcos Pimenta.

As gravações foram feitas em outubro de 2020 por um outro homem que também seria funcionário da clínica, mas só foram divulgadas agora. A Polícia Civil começou a investigar o caso neste ano, após receber a denúncia.

Em nota a direção do centro de reabilitação afirmou que repudia a prática de qualquer ato de violência e ainda informou que os dois funcionários foram demitidos.

Procurada, a Polícia Civil confirmou que os suspeitos não estão presos e destacou que precisa ouvir outras testemunhas para concluir o caso e identificar se outros pacientes também foram agredidos. A reportagem tenta contato com os investigados.

 

Assista ao vídeo:

Fonte: R7
 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.