AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

TJMG lança manuais para prevenir acidentes em acervo de documentos

 



A Diretoria Executiva de Gestão da Informação Documental (Dirged) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) lançou os manuais de Contingência e de Procedimentos, ferramentas utilizadas para preservação e recuperação de acervos de documentos. O lançamento oficial dos manuais ocorreu por meio de uma live transmitida pelo canal da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef) na plataforma YouTube e que faz parte da 5ª Semana Nacional de Arquivos, evento organizado pelo Arquivo Nacional e pela Fundação Casa de Rui Barbosa.

A abertura do evento, realizado na última quinta-feira (10/6), foi realizada pela gerente da Dirged, Simone Meireles Chaves, que falou sobre o desenvolvimento dos dois manuais a partir de experiências reais dos servidores do Tribunal de Justiça, especializados na recuperação de documentos. "Enchentes que ocorreram nos anos de 2014, 2020 e 2021, causaram enormes prejuízos em várias comarcas de Minas Gerais", disse a gerente.

Toda a experiência dos profissionais em arquivologia do TJMG, adquirida nestes trabalhos de recuperação, foi espelhada nos manuais que serão distribuídos para as comarcas mineiras e que também poderão ser utilizados por outras empresas que possuem grandes acervos documentais.

O manual de Contingência tem a função de prevenir acidentes e de iniciar a recuperação imediata, nas próprias comarcas, de documentos envolvidos em pequenos sinistros. No manual os servidores têm acesso as informações para evitar que água, fogo, insetos, roedores possam danificar documentos.

O manual de Contingência também traz importantes dicas para evitar acidentes naturais, como manter calhas e drenos limpos, evitar instalação de arquivos abaixo do nível da rua e próximos a rios. "São informações detalhadas para evitar acidentes e instruções para que documentos pouco danificados possam ser recuperados nas próprias comarcas", detalha Simone Meireles.

Já o manual de Procedimentos define formas de manuseio seguras para a equipe de servidores, colaboradores, estagiários e pesquisadores, além de propor medidas e critérios de prevenção e conservação que possam prolongar a vida e a durabilidade da documentação dos acervos das comarcas mineiras.

"Quando os documentos são severamente atingidos devem ser trazidos para os galpões da Dirged em Contagem, para passar por um intenso e complexo trabalho de recuperação, tarefa que envolve dezenas de profissionais ligados à área de arquivologia", ressaltou a gerente Simone Meireles.

Ela disse ainda que este ano centenas de documentos chegaram à Dirged cobertos pela lama de enchentes ocorridas, principalmente, nas comarcas na Zona da Mata. "E com muito trabalho, dedicação e com técnica apurada, conseguimos recuperar grande parte de um material aparentemente perdido", concluiu Simone.

Também participaram da live a arquivista da Dirged, Bárbara Wacha; a supervisora do Arquivo Permanente da Dirged, Hanna Fedra; e a coordenadora do Arquivo Permante da Dirged, Sônia Santos.

A live pode ser assistida por meio do endereço: https://youtu.be/obiG0AcYiDM .


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.