AS ULTIMAS

POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

ACIV divulga pesquisa que mede o Índice de Confiança do Comércio de Varginha



 A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Varginha realizou no mês de junho uma pesquisa para medir o Índice de Confiança do Comércio de Varginha. 

O questionário tem o objetivo identificar o nível de confiança do empresariado de Varginha, em situação atual e futura, para trazer informações para tomada de decisão das empresas locais. A pesquisa foi respondida por 187 empresários de 31 setores e abordou os temas: venda, inadimplência, segmento empresarial, investimentos, contratações e economia nacional.


Vendas

O primeiro tema abordado foi venda. Quando perguntado como considera o seu volume atual de vendas, 50,88% disseram que está baixo, 44,44% disseram estar normal e 4,68% disseram estar alto. 

Em relação a expectativa de vendas para o próximo trimestre, 52,63% acham que será normal, 25,15% acham que vai aumentar e 22,22% acreditam que irá piorar.

Inadimplência

O segundo tema foi a inadimplência, 41,52% alegaram que se manteve, 37,43% disseram que aumentou e 21,05% que a inadimplência diminuiu no último trimestre. Sobre a expectativa de redução da inadimplência no próximo trimestre, 54,97% acreditam que estará estável, 28,65% acham que não vai baixar e 16,37% confiam em uma baixa da inadimplência.


Segmento

O terceiro tema do questionário foi a percepção do seu segmento atualmente, 36,84% disseram estar ruim, 35,67% disseram estar normal e 27,49% disseram estar boa. Apesar de não estar em um bom momento, os empresários tem uma boa expectativa do seu segmento para o próximo trimestre, 58,48% acreditam que terão uma melhora, 39,77% acreditam que a situação irá manter e apenas 1,75% acham que vai piorar.


Investimentos

O quarto tema da pesquisa foi o investimento atual e futuro. Quando perguntado qual seu nível de investimento atual, 49,71% disseram ser normal, 31,58% disseram ser baixo e 18,71% disseram ser alto. Sobre a possibilidade de realizar algum investimento no futuro, 43,27% disseram que não pretendem fazer, 42,69% disseram que devem manter e 14,04% disseram que é alta a possibilidade.


Contratações

O quinto tema foram as contratações. Sobre os funcionários no último trimestre, 71,93% mantiveram o mesmo quadro, 14,04% admitiram e o mesmo número 14,04% demitiram. Para o próximo trimestre 82,46% dos empresários pretendem manter o seu quadro de funcionários, 13,45% pretendem contratar e 4,09% pretendem demitir.


Economia Nacional

O sexto e último tema abordado foi a percepção do empresário para economia nacional no atual momento e as suas expectativas para o futuro. Quando perguntado como o empresário percebe a economia nacional atualmente, 70,76% disseram estar ruim, 21,05% disseram estar normal e 8,19% acham que está boa. As expectativas para o próximo trimestre apontaram um aumento de 22% no número de empresários que acreditam que a situação irá melhorar. 

Quando perguntado sobre as expectativas para o próximo trimestre as respostas foram, 41,52% acham que estará ruim, 30,41% acham que vai melhorar e 28,07% acham que vai estar normal. “Alguns números da pesquisa nos surpreenderam positivamente, como a expectativa do segmento para o próximo trimestre, apontando que 58% dos entrevistados acreditam em uma melhora e a expectativa da economia nacional para o próximo trimestre que apontou um aumento de 22% na visão do empresário”, disse o presidente da ACIV, Anderson de Souza Martins. A próxima pesquisa será realizada no mês de setembro e a partir desses dados teremos um comparativo que servirá de apoio aos empresários de Varginha.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.