AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Agenda 21 & Cidadania - 23/07/2021



 HOME OFFICE - REFLEXÃO!       

Desde 2020, empresas de diversos setores e tamanhos precisaram se reinventar para enfrentar as mudanças impostas pela pandemia. Essas mudanças foram sentidas na forma como as pessoas colaboram, já que interações até então presenciais passaram a ser feitas de forma remota ou híbrida. 
   Assim o setor empresarial precisou direcionar seus esforços na implantação de políticas e mecanismos de monitoramento e controle de produtividade, periodicidade de reuniões, alinhamento de metas. Já na perspectiva subjetiva, o efeito causado foi o estreitamento da relação de confiança entre empregado e empregador.
   Com a edição pelo governo de Medida Provisória alterando regras do trabalho remoto, em que a empresa pode designar o funcionário para trabalhar em casa mesmo contrário à sua vontade, o trabalho “home office” passou a integrar as relações no trabalho.
   Contudo este novo comportamento no dia a dia das empresas gerou impactos para os empregados referentes ao relacionamento, adaptação, problemas de saúde dentre outros fatores.
    Positivamente o home office pode proporcionar maior flexibilidade de horário de trabalho, comodidade, qualidade de vida, economia, conforto e melhor convívio com os familiares, influenciando na produtividade e na satisfação dos colaboradores.
    Em contrapartida, o empregado poderá enfrentar dificuldades com conexões internet, computador pessoal inadequado, cadeira desconfortável, local não adequado dentro do imóvel, controle acentuado dos superiores, dificuldade de realizar as mesmas tarefas longe do escritório, isolamento, dentre outras.  Situações que poderão comprometer sua saúde com o surgimento de dor nas costas, nos ombros e no pescoço, dificuldade para dormir, fadiga ocular e enxaquecas, etc.
    Ressalto que a empresa está legalmente obrigada a fornecer as condições necessárias para o desempenho das funções do funcionário em home office, inclusive quanto aos equipamentos, mas não há lei que determine o reembolso de despesas pelo empregador, como por exemplo custos de energia e internet. 
    Importante observar algumas dicas de como transformar sua residência num ambiente de trabalho saudável: escolha um espaço com poucas distrações prepare o ambiente, atenção para a iluminação, estabeleça uma jornada de trabalho e planeje as tarefas, não esquecendo do uso da tecnologia.
     Fato é que muitas empresas têm decidido adotar o “home office” em caráter permanente para algumas de suas unidades, exigindo de seus empregados uma postura de resiliência, adaptação e inovação diante deste desafio comportamental.

           “Frequentemente mudar de atitude é melhor que mudar de lugar.”
                                                                                              Artur Benson 


Engº Alencar de Souza Filgueiras 
Presidente do Fórum Agenda 21 Local
Contato: agenda21localvarginha@gmail.com


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.