AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Coluna de Minas Gerais - 26/07/2021

 


Reflorestamento só atingiu 1%

Passados exatos dois anos e meio da tragédia de Brumadinho (MG), o trabalho de reflorestamento ainda está no início. Dos 293 hectares de floresta diretamente atingidos, apenas 3,33 hectares foram recuperados pela Vale até o momento. Essa área representa 1,13% do total. A mineradora calcula que levará 10 anos para concluir a recomposição da área e vem firmando parcerias com grupos científicos, visando o uso de técnicas inovadoras e modernas. (Jornal Em Tempo – Nanuque)

 

Caratinga retoma ensino presencial

            A Prefeitura de Caratinga divulgou uma portaria que dispõe sobre o Plano de Retorno das atividades presenciais da etapa da Educação Infantil – creche e pré-escola, em regime de ensino híbrido, nas instituições de educação básica. O retorno ficou agendado para o próximo dia 16, sendo que a decisão será facultativa aos pais ou responsáveis pelos alunos. O retorno às atividades presenciais para a Educação Inclusiva dependerá das condições sanitárias e de autorização prévia dos órgãos responsáveis, para que eles possam ser incluídos no revezamento. (Diário de Caratinga)

 

Belo Oriente promove Circuito Virtual

            Com o objetivo de promover a prática esportiva e uma vida mais saudável, será realizado no mês de agosto o 1º Circuito Virtual de Belo Oriente, com provas de caminhada, corrida e pedalada. O evento é uma realização da Liga de Desportos de Ipatinga, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer. As inscrições para o evento já estão abertas, de forma gratuita, e podem ser realizadas no site oficial da prefeitura. Os competidores receberão, sem custos, certificados online de participação que serão emitidos e enviados conforme nome e endereço de e-mail preenchido no formulário de inscrição. (Diário do Aço – Ipatinga)

 

Multa para quem tatuar animais

            A prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, sancionou um projeto de lei de autoria do vereador Luiz Otávio Coelho, que define multa para quem tatuar ou colocar piercings, com fins estéticos, em animais. O projeto havia sido aprovado, em junho, pela Câmara Municipal e define pagamento de R$10 mil para quem desrespeitar a legislação, podendo ser triplicada em caso de reincidência. A proposta altera a legislação municipal vigente que trata do Estatuto de Defesa, Controle e Proteção dos Animais, considerando as práticas agora proibidas como “maus-tratos”. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Nova rotatória em avenida

            A Prefeitura de Pará de Minas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura, implementou uma nova rotatória na avenida Presidente Vargas, próximo à Ponte Grande. A obra teve o intuito de ordenar e disciplinar o tráfego de veículos no trecho, proporcionando maior fluidez e segurança aos motoristas e pedestres, de modo capaz de reduzir o índice de acidentes. O Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Dimitri Morais, afirma que a construção contribui para o deslocamento de veículos pela via e permite maior fiscalização do trânsito. “Essa obra é uma inovação e o modelo de rotatória é diferente e totalmente fora dos padrões feitos na cidade”. (Jornal Pará de Minas)

 

Funcionários fazem abaixo-assinado

            Após o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) divulgar, na última semana, que trocará a chefe de enfermagem do bloco cirúrgico, funcionários do hospital se organizaram em um abaixo-assinado contra a ação. A enfermeira Ana Cláudia Moraes Faquim foi afastada dos serviços, segundo o documento, de forma injusta, arbitrária e sem comunicação prévia à equipe. O documento ainda ressalta a capacidade técnica e de relacionamento interpessoal da profissional. (Jornal da Manhã – Uberaba)

 

Prefeitura se reúne com vítimas

            Quase uma década para obter uma resposta. No ano de 2011, centenas de famílias de baixa renda em Araxá foram selecionadas para receber lotes da prefeitura para a construção da casa própria. Porém, a ação se constituiu em doação irregular de bens públicos e a Justiça de Minas Gerais tornou nulo, em 2015, os contratos entre o município e beneficiados pelo projeto Nosso Lar. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, as doações irregulares também teriam sido utilizadas como forma de beneficiar os agentes públicos, o que causou a cassação do prefeito e vice da época. Com a decisão da Justiça, os termos de cessão de uso firmados com as famílias foram declarados nulos, com a consequente reversão dos imóveis ao domínio e posse do município. (Correio de Araxá)

 

Alagoa tem portal de entrada

Alagoa agora conta com um portal na entrada da cidade, destacando os produtos típicos do município, o queiijo e o azeite. A obra foi doada pelo empresário Márcio Vasquez e foi instalada no acesso à rodovia LMG-881, que liga Alagoa à Itamonte. O local recepciona os moradores e turistas, além destinar uma mensagem de agradecimento pela visita. A inauguração aconteceu no sábado, 23 de julho, com presença de autoridades municipais. (Jornal Panorama – Baependi)


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.