AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Em momentos distintos na Série B, Cruzeiro e Coritiba duelam pela 50ª vez



Acostumados a medir forças na primeira divisão do Brasileiro, Cruzeiro e Coritiba fazem duelo inédito na Série B nesta terça-feira, às 19h, no Mineirão, pela 10ª rodada. Os times vivem momentos distintos no campeonato: os mineiros estão em 13°, com nove pontos, e os paranaenses brigam pela liderança, em 2°, com 19.

Raposa e Coxa se enfrentaram pela primeira vez no estádio Belfort Duarte - antigo nome do Couto Pereira -, em 1º de novembro de 1969, pelo Brasileirão (à época Taça de Prata). As equipes empataram por 1 a 1: Nilson marcou para os donos da casa, e Zé Carlos fez o gol dos visitantes.

Em 2001, o Cruzeiro se sagrou campeão da Copa Sul-Minas vencendo o Coritiba por duas vezes na decisão: 2 a 0, no Couto Pereira (gols de Jackson e Oséas), e 3 a 0, no Mineirão (gols de Jorge Wagner, Geovanni e Marcelo Ramos). Foi o único título do técnico Luiz Felipe Scolari pelo clube.

Já o confronto mais recente terminou com triunfo do Coxa por 1 a 0, no Couto Pereira, em 18 de outubro de 2017, pela 29ª rodada do Brasileirão. O único gol foi marcado contra pelo lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que tentou cortar finalização de cabeça de Cléber Reis após escanteio de Rildo.

A partida desta terça-feira será a de número 50 entre Cruzeiro e Coritiba. Em 49 jogos, a Raposa detém grande vantagem: 23 vitórias, 13 empates e 13 derrotas, com 80 gols marcados e 59 sofridos. No Mineirão, a supremacia é maior: 12 triunfos, cinco empates e apenas dois reveses.

Mas a fase do Coxa é superior, tanto pela colocação na Série B quanto pela presença de Léo Gamalho, autor de 11 gols em 19 jogos na temporada. No ano passado, o centroavante de 35 anos ficou em evidência por ser carrasco do Cruzeiro enquanto defendia o CRB: balançou a rede três vezes em quatro encontros.

O grupo treinado pelo paraguaio Gustavo Morínigo ainda conta com três nomes conhecidos dos torcedores celestes: o armador Robinho e o meia-atacante Rafinha, bicampeões da Copa do Brasil em 2017 e 2018, e o volante Willian Farias, integrante do elenco que conquistou o Brasileirão de 2014.

O elenco do Cruzeiro também tem profissionais que passaram pelo Coxa, casos do lateral-direito Norberto, do zagueiro Rhodolfo, do armador Giovanni e do técnico Mozart Santos. O time terá de encontrar um novo “artilheiro” para superar o adversário, visto que o volante Matheus Barbosa, autor de sete gols em 2021 (quatro na Série B), está fora por causa de desgaste muscular.

Entre os relacionados, destaque para o centroavante Marcelo Moreno, artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 pela Bolívia, com seis gols. Outras novidades são os recém-contratados Rhodolfo (zagueiro), Wellington Nem (atacante) e Dudu (atacante).

CRUZEIRO X CORITIBA


CRUZEIRO
Fábio; Norberto, Léo Santos, Ramon e Jean Victor (Rhodolfo ou Giovanni); Rômulo, Lucas Ventura e Marcinho; Bruno José, Felipe Augusto e Rafael Sobis
Técnico: Mozart Santos

CORITIBA
Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Willian Farias, Val e Robinho (Rafinha); Igor Paixão, Waguininho e Léo Gamalho
Técnico: Gustavo Morínigo

Motivo: 10ª rodada da Série B

Estádio: Mineirão

Data: terça-feira, 6 de julho de 2021

Horário: 19h

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Transmissão: Premiere FC

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.