AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Incêndio destrói 100 mil m2 de vegetação e coloca em risco a vida de bombeiros no S/M


 O fogo também estava debaixo de 
redes de alta tensão dificultando o combate

O Corpo de Bombeiros de Poços de Caldas, teve muito trabalho para apagar vários focos de incêndio em vegetação próximo ao Centro de Zoonoses e a Subestação de Furnas, na zona oeste da cidade.

No local, os militares constataram que o fogo também estava debaixo de redes de alta tensão. “O combate, segundo os militares, foi extremamente cauteloso, visto o risco de choque naquele ambiente. Ainda assim, durante certo instante, dois arcos voltaicos surpreenderam as equipes pelo estrondo e clarão provocados”, disse o tenente Tárcio Salles, coordenador da equipe.

Foram cerca de 5 horas para controlar o incêndio, com uso de cerca de 2.000 litros de água, abafadores e mochilas costais.

A área queimada foi de cerca de 10 hectares, ou seja, 100.000 metros quadrados. O combate a incêndios debaixo de torres de alta tensão não pode ser executado uma vez que a fumaça pode aumentar a condução da corrente elétrica para o solo e distribuir uma alta carga elétrica nos bombeiros. Não se sabem as causas do incêndio, sendo suspeitada a ação humana. O Corpo de Bombeiros alerta que provocar incêndios é crime ambiental com pena de reclusão prevista.


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.