AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Polícia Militar explica realização de diferentes tipos de blitz na região

 


A Polícia Militar publicou um informativo à população explicando o funcionamento dos diferentes tipos de blitz que realiza na região. Ações buscam flagrar infrações e crimes de trânsito, além de outras irregularidades.

 A palavra blitz é uma abreviação criada pelos ingleses, derivada da palavra alemã blitzkrieg, que em português significa relâmpago. Ela é um procedimento utilizado para fazer a fiscalização de trânsito pelos órgãos competentes e permite flagrar, principalmente, infrações e crimes de trânsito, mas também outras irregularidades como um veículo roubado ou carga de contrabando.

 Mas, de acordo com a PM, o objetivo não é apenas penalizar os infratores, mas também coibir o desrespeito à lei e conscientizar a população sobre a importância das regras de trânsito. A Polícia Militar realiza periodicamente alguns tipos de blitz, que podem ser repressivas, preventivas e educativas. A ideia é orientar condutores de veículos e motocicletas quanto aos cuidados para não serem vítimas de furto e roubos e quanto aos cuidados necessários na condução em via pública.

 Além disso, uma blitz pode evitar o cometimento de crimes, ao flagrar ou inibir criminosos, e também ser repressiva, quando têm o intuito específico de combater um crime.


Atenção

A Polícia Militar destaca que piscar o farol após passar por uma blitz policial, comunicar através de aplicativos como WhatsApp, ou outras redes sociais sobre as blitz policiais, são ações que não devem ser adotadas, pois prejudicam o trabalho dos militares e podem colaborar com infratores e criminosos, que acabam escapando de abordagens. O Código de Trânsito Brasileiro prevê que motoristas que são flagrados avisando outros condutores sobre blitz policial estão cometendo infração de trânsito e poderão ser autuados.

“Quando uma pessoa ao passar por uma blitz avisa onde está sendo realizada a blitz, pensando que está sendo solidário, pode estar alertando um marginal em fuga ou um autor de veículo furtado ou roubado. Pensem nisso!”, publicou a PM.


Fonte: Portal da Cidade de Andradas 


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.