AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Práticas Integrativas um complemento ao cuidado


 

Médica da Família da Unimed Varginha inicia tratamento aos clientes da APS


No mês de junho, a Atenção Primária à Saúde (APS) da Unimed Varginha iniciou seu primeiro grupo participante de Práticas Integrativas. Esse tipo de tratamento utiliza recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças e, em alguns casos, também pode ser usado como tratamento paliativo de doenças crônicas.

Essas práticas estimulam os mecanismos naturais de prevenção e recuperação da saúde, contribuem para redução do consumo de medicamentos, aumento da autoestima, promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida.

Os pacientes, já atendidos pela APS, foram selecionados pela Médica da Família e convidados a participar do projeto. Divididos em dois grupos, com atendimento semanal, o intuito é a duração de dois meses e meio. Esse trabalho inclui acupuntura, auriculoterapia (terapia natural de estimulação de pontos nas orelhas) e meditação. “Queremos proporcionar um cuidado complementar e diferenciado aos nossos pacientes. Eu, como especialista em Medicina Chinesa e Acupuntura, acredito muito nos benefícios e resultados das práticas integrativas. Elas ajudarão no controle da ansiedade, depressão, enxaqueca e também a evitar medicações e o desmame desta, quando possível”, ratifica a Médica da APS, Dra. Vivian Kiyomi Azuma Barouche.

Ainda assim, é importante entender que as práticas integrativas não substituem as recomendações médicas individuais. Elas são consideradas um complemento no tratamento, indicadas por profissionais específicos conforme as necessidades de cada caso.

A Unimed Varginha iniciou seu modelo de Atenção Primária à Saúde no fim de 2019, como parte de seu objetivo de promoção completa do cuidado à qualidade de vida de seus clientes.



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.