AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Professor universitário é sequestrado e ameaçado de morte em Minas Gerais

 


Um professor universitário, de 42 anos, foi vítima de um sequestro relâmpago, na noite da última terça-feira (27), por dois criminosos que o obrigaram a fazer saques e ameaçaram ele e a família dele de morte, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima conseguiu pedir ajuda a uma guarnição da Polícia Militar que, por coincidência, montou uma operação bem em frente ao local onde ocorria o crime. 

Segundo a Polícia Militar, o professor voltava da faculdade onde dá aulas em Belo Horizonte, quando parou o veículo em um semáforo na avenida Amazonas, no centro de Betim, e foi abordado por dois homens armados. Ele pensou que fosse um roubo do veículo, mas os suspeitos exigiram que ele fosse para o banco de trás e começaram a exigir dinheiro. 

Quando viram que a vítima não tinha dinheiro, a obrigaram a ir a um caixa eletrônico para fazer saques. Os suspeitos foram até o bairro PTB com o professor e o obrigaram a sacar dinheiro de um caixa eletrônico de uma farmácia. A vítima só conseguiu sacar R$ 300, por já ser depois de 22h e o banco limitar os saques neste horário. Os suspeitos a obrigaram a fazer compras na fármacia para eles.  “Esses criminosos ameaçaram o professor dizendo que caso ele não fizesse o saque, ele e a família dele seriam vítimas de homicídio e outras violências”, contou o cabo Ricardo dos Santos, comandante do Gepar.  Segundo ele, uma testemunha do sequestro acionou a Polícia Militar, que montou uma operação para encontrar suspeitos e vítimas.

"Por coincidência as viaturas se reuniram  justamente no bairro PTB em frente à farmácia onde ocorria o crime para iniciar a operação. Quando as viaturas se pocisionaram no local, o professor gritou os policiais e pediu ajuda. Um homem que acompanhava o professor ao ver a presença policial saiu correndo com um volume na cintura e pulou por cima de casas nas proximidades da farmácia e havia um veículo Fiat Uno vermelho parado próximo de onde saiu outro homem saiu correndo e jogou uma réplica de pistola no chão. Ele foi perseguido e detido”, contou o cabo. 

A polícia faz diligências para tentar encontrar o suspeito que fugiu. O criminoso detido, de 19 anos, e a réplica de arma de fogo foram levados para a Delegacia de Plantão de Betim. O carro do professor também foi recuperado.


Fonte: O tempo


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.