AS ULTIMAS

POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

TJMG distribui 190 toneladas de alimentos para doação

 


O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Soares Lemes, participou, na última  sexta-feira (2/7), da entrega simbólica de 190 toneladas de alimentos, que correspondem a 9,5 mil cestas a entidades que atuam com famílias em situação de vulnerabilidade social, na Região Metropolitana de Belo Horizonte e interior.

 Os recursos são provenientes de verbas pecuniárias, cuja gestão é feita pelo Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e das Medidas Socioeducativas (GMF). Coube ao Núcleo de Voluntariado (NV) do TJMG destinar a arrecadação a 19 entidades para distribuição na RMBH e em mais sete comarcas. 

O presidente Gilson Lemes manifestou alegria em por poder, em nome do TJMG, oferecer amparo aos cidadãos, em uma fase especialmente penosa para todo o mundo e, sobretudo, para os mais vulneráveis. De acordo com o presidente do TJMG a questão se revela um instrumento de promoção de Justiça, de paz social e também de dignidade, trazendo calor humano à atuação em prol do cidadão desfavorecido.

 "Queremos, por meio dessa empreitada, dar esperança às pessoas mais vulneráveis. O braço social do TJMG diversifica nossa atuação e vem se ampliando. Nesta gestão, o Núcleo de Voluntariado tem sido fundamental para esse trabalho, otimizando e intensificando seu esforço de atendimento a essas famílias", disse. 

Ele também agradeceu a todos os que se empenharam para viabilizar a destinação dos recursos e para endereçar as doações a quem mais precisa, num serviço relevante e urgente. "Recebemos, com satisfação, o agradecimento de todas as entidades que assistem os beneficiários dessa ação. Poder fazer algo e doar é uma alegria ainda maior para nós, e por isso somos muito gratos. Como cristãos, sabemos que não há salvação fora da caridade", afirmou.

Ação conjunta

O coordenador do GMF, juiz Evaldo Elias Penna Gavazza, ressaltou que é particularmente significativo comemorar o primeiro ano da gestão 2020-2022 com um gesto concreto de caridade.

 Ele lembrou que, até o momento, mais de R? 20 milhões oriundos de verbas de prestações pecuniárias já foram destinados ao combate à covid-19 e a populações necessitadas. Segundo o magistrado, atendendo a solicitações de colegas do interior e da capital, o supervisor do GMF, desembargador Júlio Guttierrez, levou ao presidente, ao superintendente de saúde, desembargador Bruno Terra Dias, e à desembargadora Maria Luíza de Marilac, a proposta de socorrer grupos vulneráveis com recursos básicos. 

"Houve sensibilidade de todas as autoridades e, agora, esses alimentos irão para os municípios mais carentes de diversas comarcas mineiras com menor índice de desenvolvimento humano (IDH). Com isso, o TJMG mostra que está atento a uma expansão de sua função social de entregar a justiça, colaborando com outros poderes e instituições para a melhoria da qualidade de vida do nosso povo", ressaltou.


Presenças

A solenidade reuniu, ainda, a superintendente adjunta da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes, desembargadora Mariangela Meyer, que representou o 2º vice-presidente, desembargador Tiago Pinto; o superintendente de saúde do TJMG, desembargador Bruno Terra Dias; o coordenador-geral do programa Novos Rumos, desembargador Antônio Armando dos Anjos; representantes das instituições contempladas, magistrados e servidores. Estiveram presentes, também, o assistente de Comunicação da Pastoral Nacional do Povo da Rua, Felipe Marcelino; o coordenador da Paróquia Santa Clara de Assis, Fabiano de Paula Lana Silveira.



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.