AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Acompanhamento e Cuidados Fisioterapêuticos na infância e adolescência



 A fisioterapia possui diversos recursos e técnicas que podem prevenir problemas de saúde e tratar doenças motoras, respiratórias, dentre outras. A população infanto-juvenil é um dos grupos etários mais vulneráveis e pode necessitar de apoio fisioterápico no desenvolvimento de diversas habilidades, proporcionando a independência e desenvolvimento da criança. O Fisioterapeuta da Atenção Primária à Saúde (APS) da Unimed Varginha, Pedro Henrique Corcetti, nos conta neste bate-papo sobre como funciona esse atendimento.

1. É recomendado o acompanhamento fisioterápico para crianças? 

R: Sim, a fisioterapia já é recomendada a partir da infância, com o objetivo de prevenção (intervenção precoce), promoção da saúde e a reabilitação de uma forma geral.

2. Com quantos anos é recomendada uma avaliação?

R: É importante que toda criança seja estimulada a fisioterapia desde o nascimento, os familiares devem estar atentos a qualquer alteração no crescimento e no desenvolvimento da criança, não levando em consideração apenas a idade.

3. É normal as crianças se queixarem de dores no joelho, ela é a famosa dor de crescimento ou seria um sinal de alerta?

R: Toda dor é um sinal de alerta, portanto, a dor no joelho pode estar ligada diretamente a alguma patologia e/ou disfunção. É importante que a dor seja investigada para descartar qualquer hipótese de lesão e assim classificá-la como “dor do crescimento”.

4. Com o uso excessivo de celulares, a postura dos adolescentes tem sofrido um peso maior. Quais são as dicas para que o uso não se torne um problema mais sério de coluna?

·Monitoramento dos familiares em relação ao tempo de uso do aparelho celular e computador

·Criação de atividades com tempo programado, para desenvolvimento de tarefas, como por exemplo: estudar, encontrar os amigos, dedicar mais tempo com a família, entre outras

·Conscientização postural 

·Atividade física constante

5. O alongamento é importante ainda na infância e adolescência?

R: Sim. O alongamento promove o equilíbrio músculo esquelético da criança/adolescente, sendo esse fundamental para o desenvolvimento das atividades de vida diária.


Gostou do bate-papo? No site www.unimed.coop.br/web/guest/viver-bem você encontra várias outras dicas sobre saúde, bem-estar e qualidade de vida!



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.