AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Agenda 21 & Cidadania - 20/08/2021


 Descartes de Medicamentos? Agora sim

Os medicamentos são produtos de elevada importância para a saúde pública, sendo imprescindíveis para a terapêutica contemporânea. O acesso e a aquisição facilitada de medicamento, assim como, a maciça propaganda tornam o seu uso rotineiro, o que gera acúmulo destes produtos nas residências. A população em geral considera-se desobrigada ou desconhece os riscos inerentes ao acúmulo de medicamentos vencidos e do descarte indevido dos seus resíduos (BUENOet al., 2009).

No Brasil falta uma política pública para o descarte de medicamentos, apesar da existência de legislação vigente, e a população nem sequer tem consciência sobre os malefícios que as substâncias químicas podem causar à natureza no contato com a água, a terra e a atmosfera (na forma de gases).

A maneira correta de jogar fora os medicamentos vencidos ou sem uso é a incineração. A questão é: como o cidadão comum pode descartar os remédios? O desafio das autoridades é oferecer uma logística reversa, ou seja, um caminho de volta das casas para a cadeia produtiva.

A Lei Municipal nº 5.423/2011 dispõe sobre a devolução de medicamentos vencidos ou deteriorados aos estabelecimentos que os comercializam e sua correta destinação final, mas na prática esta determinação não está sendo cumprida em sua totalidade em nossa cidade. 

De posse destas informações e preocupado com o cenário de descaso ou despreparo no manejo dos resíduos farmacêuticos, o Fórum da Agenda 21 Local juntamente com a empresa Vitacorpus Farmácia de Manipulação, e apoio da empresa CRM (Central de Reciclagem Minas), elaboraram o projeto “Descarte de Medicamentos”, com o intuito de promover o descarte ambientalmente correto.

Inicialmente deixamos vasilhame de coleta nos seguintes estabelecimentos comerciais, alguns já participantes do projeto da Associação Viva Vida de coleta de blister: Loja Traços; Loja Strip; Loja Imigrante (Elétrica). Nestes locais, além das Unidades da Vita Corpus, poderão ser descartados os medicamentos (comprimidos, frascos e tubos de pomadas), para posterior envio à incineração, conforme trâmites legais.

Unindo esforços, desejamos agregar mais “parceiros”, entre empresas e outras entidades, na qualidade de apoiadores e patrocinadores, visando ampliar e valorizar este projeto, de modo a conscientizar e incentivar maior participação da comunidade.

Empresário junte-se a nós nesse desafio pela educação ambiental! 

Comunidade adote este projeto, participando e valorizando nossos colaboradores!


Engº Alencar de Souza Filgueiras
Presidente do Fórum da Agenda 21 Local
Contatos: agenda21localvarginha@gmail.com



 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.