AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Contra o River, Atlético chegará ao seu 100° jogo de Copa Libertadores



O Atlético atingirá uma marca histórica nesta quarta-feira. Na partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores, contra o River Plate, no Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, o Galo chegará ao seu 100° jogo no torneio continental. O Alvinegro tem um título da competição, conquistado em 2013 sob a batuta do técnico Cuca, mesmo comandante da atual temporada.

Até o momento, são 99 jogos no torneio continental: foram 48 vitórias, 27 empates e 24 derrotas, com 152 gols marcados e 103 sofridos. 

O maior artilheiro do Atlético na Copa Libertadores é , atacante que fez parte da campanha vitoriosa em 2013. Ele soma 11 gols pelo Galo no torneio, sendo sete na edição do título e mais quatro na campanha de 2014, quando o clube foi eliminado nas oitavas de final para o Atlético Nacional, da Colômbia. Já Guilherme Alves é o maior goleador em uma única edição, com nove marcados em 2000.
 
Esse é um dos feitos perseguidos pelo atacante Hulk. Artilheiro da atual edição da Copa Libertadores, o centroavante tem seis gols no torneio. E é no embalo do jogador que o alvinegro busca voltar à semifinal da competição após oito anos.

O Atlético de 2021 fez a melhor campanha da competição na fase de grupos. Até aqui, são cinco vitórias e três empates, sendo dois nas oitavas de final com o Boca Juniors. O Galo se classificou nos pênaltis. Para o jogo contra o River Plate, o Alvinegro conta com um velho conhecido dos 'Millonarios': Nacho Fernández.

O meia argentino foi anunciado pelo Atlético em 20 de fevereiro. O Galo pagou cerca de 6 milhões de dólares (R$ 32,2 milhões na cotação da época) livres de impostos ao River Plate.
 
Pelo clube argentino, Nacho fez 31 gols em 185 partidas e foi protagonista na histórica campanha da Copa Libertadores de 2018, que culminou com o título sobre o Boca Juniors. Ganhou também duas Recopas Sul-Americanas, três Copas Argentinas e uma Supercopa Argentina.
 
O 'Cérebro', como é conhecido, diz que será uma noite especial no duelo contra o ex-clube. Para mim, vai ser muito especial voltar ao Monumental depois de viver muitos anos no River, muitas coisas boas, algumas nem tanto. Tenho muitos amigos e sempre vou ser grato ao clube por tudo que me deu e pela possibilidade de vir para cá. Hoje devo ao Atlético e tenho que fazer o melhor possível para passar de fase", disse o meia.
 
O duelo desta quarta, às 21h30, será o primeiro das quartas de final. O segundo será no dia 18, no Mineirão. O Galo tem direito a decidir em casa por ter feito a melhor campanha da fase de grupos.

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.