AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Fogo consome Jequitibá de 300 anos em cidade sul-mineira



 Um Jequitibá de 300 anos foi queimado, no último sábado (14), em Conceição dos Ouros. A árvore tinha cerca de 50 metros de altura, e caiu após ser consumida pelas chamas. 

A prefeitura acredita que tenha sido um incêndio criminoso. A Polícia Civil já instaurou um inquérito para apurar o caso.

A denúncia do incêndio foi feita por uma família de São Paulo, que tinha parentes na cidade. Eles foram conhecer o Jequitibá, que fica na Trilha da Bexiga, quando se depararam com a árvore caída e pegando fogo. Segundo o prefeito de Conceição dos Ouros, Luís Fernando Rosa de Castro, a suspeita é que tenha sido um incêndio criminoso. 

A árvore centenária tinha cerca de 50 metros de altura e sete metros de diâmetro. Para abraçar a árvore era preciso sete pessoas. 

O jequitibá ficou todo queimado e acabou derrubado durante o fim de semana. Segundo a secretaria de meio ambiente, o fogo deve ter sido colocado especificamente na árvore, porque na vegetação em volta não já sinais de queimada. 

“Tudo indica ter sido um ato criminoso, com a finalidade de derrubar esse patrimônio natural, cultural e turístico. De um valor inquestionável a natureza. É com grande indignação que recebemos essa notícia, pois trata-se de um crime ambiental contra um patrimônio natural e de imenso valor a nossa cidade”, afirma Luís Fernando em vídeo divulgado pela prefeitura no fim de semana. Segundo o diretor de Meio Ambiente da prefeitura, Ademir Vilas Boas.alguém teria colocado uma substância inflamável dentro de um buraco que havia na árvore. O fogo consumiu o Jequitibá de dentro para fora, destruindo e derrubando a árvore. 

“A árvore tinha uma lesão muito antiga, então, o autor aproveitou dessa lesão da árvore e colocou um produto dentro, vindo queimando aos poucos, o que ocasionou a queda dela”, explicou Vilas Boas. A secretária de Cultura e Turismo, Aline Cristina da Costa, disse que o Jequitibá era visitado por muitas pessoas há um bom tempo. Inclusive a prefeitura contratou uma empresa especializada, que presta assessoria turística, para inclusão do Jequitibá como ponto turístico da cidade. 

“Também estávamos analisando para fazer o processo de inventário de Patrimônio Natural”, destaca Aline. Câmeras de monitoramento da fauna podem ser usadas durante a investigação.






 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.