AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Galo busca 'título' do turno, que maioria dos campeões brasileiros ganhou



Líder isolado do Campeonato Brasileiro, o Atlético está próximo de garantir o simbólico título do turno da competição. Com 39 pontos, o alvinegro precisa de um triunfo sobre o Grêmio - confronto ainda sem data definida - para fechar a primeira metade da Série A como a melhor equipe do torneio.

Em 18 partidas, o Atlético soma 12 vitórias, três empates e três derrotas, com 27 gols marcados e 13 sofridos (tem a melhor defesa da competição). O Galo está invicto há 11 jogos, com nove vitórias e dois empates - a equipe igualou ao Internacional com a maior sequência de triunfos nos pontos corridos.
 
Com 39 pontos, o Atlético só pode ser ultrapassado no 1° turno do Campeonato Brasileiro pelo Flamengo. O Rubro-Negro soma 31 pontos, mas tem ainda três jogos a fazer. Para ficar à frente do Galo, o time carioca precisa vencer as partidas (Grêmio e Athletico-PR como visitante, e Atlético-GO em casa), e torcer para a equipe do técnico Cuca no máximo empatar o jogo derradeiro.
 
Para o técnico Cuca, a campanha do Atlético tem que ser valorizada. No entanto, o treinador afirma que ganhar o turno só teria valor se o campeonato acabasse agora. 
 
"Se tivesse um turno só o campeonato, né? Agora começa tudo de novo, volta o campeonato inteiro. Lógico, com o gostinho de quero mais. Mas demos uma arrancada fantástica e isso tem que ser valorizado", disse o treinador.
 

Na história

 
Desde 2003, quando o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado em pontos corridos, só cinco times que venceram o turno não fecharam a competição com o título. Entre eles, o Atlético, de Cuca, em 2012.
 
Naquela ocasião, o Galo fechou o turno com 43 pontos, um a mais que o Fluminense. O Atlético, no entanto, perdeu força no returno e terminou a competição com 72 pontos, cinco a menos que o Tricolor.
 
Para voltar a conquistar o título do Campeonato Brasileiro, o Atlético trabalha com projeções. Nos estudos do clube estão campanhas "isoladas", como do Cruzeiro, em 2014 (80 pontos), do Corinthians, em 2015 (81 pontos), Palmeiras, em 2016 (80 pontos), e Flamengo, em 2019 (90 pontos), além das edições mais equilibradas, com campeões somando pontuações inferiores.

"Você dirige na pontuação que se tem, faz cálculos em cima dos 114 pontos que são disputados ao longo do campeonato e faz um cálculo aproximado do que você precisa pra ser campeão, pegando as últimas estatísticas. Às vezes dá uma destoada. Em 2016, por exemplo, com 80 pontos, o Palmeiras foi campeão quando eu estava lá. Teve anos que com 72, 73 pontos, saiu campeão. Então, você faz esses cálculos. E nesse aspecto, a gente está muito bem", completou.
 
Caso repita a pontuação do primeiro turno (sem contar o jogo com o Grêmio) no returno, o Galo fechará a competição com 78 pontos. Com este número, o Alvinegro só não seria campeão em quatro edições das 15 realizadas com 20 clubes.
 

Times que ganharam o turno e campeões ao fim da temporada

 
2003 - Cruzeiro - Cruzeiro
2004 - Santos - Santos
2005 - Corinthians - Corinthians
2006 - São Paulo - São Paulo 
2007 - São Paulo - São Paulo 
2008 - Grêmio - São Paulo
2009 - Internacional - Flamengo 
2010 - Fluminense - Fluminense 
2011 - Corinthians - Corinthians
2012 - Atlético - Fluminense
2013 - Cruzeiro - Cruzeiro
2014 - Cruzeiro - Cruzeiro
2015 - Corinthians - Corinthians
2016 - Palmeiras - Palmeiras
2017 - Corinthians - Corinthians 
2018 - São Paulo - Palmeiras
2019 - Flamengo - Flamengo
2020 - São Paulo - Flamengo 

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.