AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Gilmar Mendes critica pedido de impeachment de Alexandre de Moraes



Muito provavelmente motivado pelo pedido de impeachment feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes; Gilmar Mendes se pronunciou, neste domingo (22/8), em suas redes sociais, aparentemente, em defesa do colega.

O ministro publicou: "A fabricação artificial de crises institucionais infrutíferas afasta o país do enfrentamento dos problemas reais. A crise sanitária da pandemia, a inflação galopante e a paralisação das reformas necessárias devem integrar a agenda política. É hora de reordenar prioridades".

Em pouco mais de dez horas, a postagem havia rendido mais de 20 mil curtidas e perto de 10 mil comentários, seja favoráveis ou contrários.

Em uma das respostas, o internauta destacou: "Vocês do STF artificialmente e inconstitucionalmente abriram várias crises institucionais". Em outro, foi dito eu "Quem cria crise é o STF ao fugir de suas competências constitucionais". Alguns, pediram a saída do presidente Bolsonaro, como dizeres como "Na hora de derrubar o cara, Ministro" ou "Só derrubando o mito".

Protocolado

O pedido de impeachment de Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes foi protocolado no Senado ainda na sexta-feira (20/8), após um funcionário do Palácio do Planalto levar a documentação com 19 páginas mais anexos (102, no total), assinada pelo presidente da República e pelo advogado-geral da União, Bruno Bianco.

Pelo estabelecido na Constituição Federal, cabe aos senadores analisar o eventual cometimento de infrações pelos magistrados do STF.

Vale lembrar que, em 14 de agosto, Bolsonaro havia adiantado que solicitaria a abertura de processos sobre as condutas de Moraes e do ministro Luis Roberto Barros, com o argumento de que ambos estariam extrapolado os limites da Constituição.

Estado de Minas

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.