AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Receita Federal investiga desvio de recursos públicos em obras rodoviárias no norte de Minas Gerais



 A Receita Federal, a Polícia Federal, a Controladoria-Geral da União e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPF/MG deflagram ontem, quarta-feira (11/08), a 7ª fase da Operação Rota BR-090: “Rei do Norte”, com o objetivo de apurar a ocorrência de crimes relacionados à execução de obras rodoviárias na região norte do Estado e eventual prejuízo ao erário e à população.

  A investigação já identificou indícios de fraude ao caráter competitivo de processo licitatório, recebimento de vantagens indevidas, superfaturamento em obras públicas e execução de serviços de baixa qualidade. As licitações que resultaram nestas contratações ocorreram entre 2013 e 2018 e perfazem um total de 670 milhões de reais. 

A Receita Federal produziu relatórios apontando inconsistências fiscais dos envolvidos, bem como, a propriedade de bens móveis e imóveis registrados em nome dos investigados e de interpostas pessoas, “laranjas” ou “testas de ferro”.  

A atual fase, “Rei do Norte”, consiste no cumprimento de 21 mandados de busca e apreensão, bloqueio de ativos da ordem de 32 milhões de reais, afastamento de um servidor público e a suspensão de pagamento de dois contratos, expedidos pela 35ª Vara Federal Criminal de Minas Gerais.  O trabalho conta com a participação de 98 policiais federais, 7 auditores e 2 analistas da Receita Federal do Brasil e 10 auditores da CGU, nos municípios de Belo Horizonte/MG, Nova Lima/MG, Montes Claros/MG, Sete Lagoas/MG, Muzambinho/MG, Cuiabá/MT e Sorriso/MT. 

Os investigados poderão responder por crimes relacionados a lei de licitações, peculato, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.  O Chefe da Divisão de Fiscalização da Receita Federal em Minas Gerais concederá entrevista coletiva sobre a operação às 10h, na Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais. 


 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.