AS ULTIMAS


POLÍTICA

COLUNAS

ESPORTES

Campanha do Cruzeiro na Série B 2021 é pior em comparação a 2020



Com 31 pontos em 26 rodadas na Série B 2021, o Cruzeiro piorou seu desempenho em comparação à edição de 2020, quando contabilizou 34 no mesmo número de jogos. Por causa disso, a probabilidade de subir à elite do Campeonato Brasileiro é irrisória: 0,17%, segundo o Departamento de Matemática da UFMG.

Em 2020, o time celeste ocupava a 11ª posição, a nove pontos de distância do então quarto colocado, Cuiabá, que somava 43. Naquela ocasião, a expectativa de batalhar pelo acesso se intensificou graças às vitórias consecutivas sobre América, no Independência (2 a 1), e Brasil de Pelotas, no Mineirão (4 a 1).

A campanha da Raposa era de 11 triunfos, sete empates e oito derrotas, com 32 gols marcados e 25 sofridos. Só que o clube começou o campeonato com seis pontos a menos em razão de uma punição na Fifa pela dívida de mais de R$5 milhões com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pela contratação do volante Denílson, em julho de 2016.

Embora ainda tivesse margem para se recuperar, o Cruzeiro oscilou na reta final da Série B 2020 e computou 15 pontos nas 12 últimas rodadas (41,6%). Foram três vitórias, seis empates e três derrotas, que levaram a equipe a terminar em 11º, com 49. Juventude e Cuiabá subiram em terceiro e quarto lugares, com 61.

Sem considerar a sanção na Fifa, o Cruzeiro teria 55 pontos, o mesmo que o nono Avaí. Esse número, que jamais garantiu a promoção de um clube à Série A, dificilmente será atingido pelo time de 2021, que necessitará de 66,66% de aproveitamento nas 12 rodadas restantes - 24 pontos em 36.

Até aqui, o Cruzeiro obteve 39,74% na Série B - seis vitórias, 13 empates e sete reveses. São 13 pontos a menos que o CRB, 4º, e quatro de vantagem sobre o Londrina, 17º. Se fizer o básico, garantirá a permanência na segunda divisão em 2021. Para o acesso, terá de desafiar a lógica, ganhar 11 dos 12 confrontos e torcer por insucessos alheios.

No discurso, jogadores e comissão técnica não jogaram a toalha, mas os torcedores já admitem mais um ano na Série B e cobram explicações da diretoria por mais um fracasso na segunda divisão. A esperança é que a Raposa ao menos termine bem a edição de 2021 para planejar a ascensão à Série A na próxima temporada.

Nesta quarta-feira, às 19h, o Cruzeiro mede forças com o Guarani, sexto colocado, com 41. A partida será realizada no estádio Brinco de Ouro, em Campinas, pela 27ª rodada. O time ainda pegará Brasil-RS (casa), Coritiba (fora), Botafogo (casa), Avaí (fora), Remo (casa), Vila Nova (casa), Londrina (fora), Brusque (casa), Vitória (fora), Sampaio Corrêa (fora) e Náutico (casa).

Super Esportes

 
Todos os Direitos Reservados - Notícias do Renan © 2017
Desenvolvido por: Renan Lenzi.